13 de agosto de 2022Informação, independência e credibilidade
Cotidiano

Especialista alerta para a importância da 4ª dose da vacina contra a Covid-19

Vacinação com a 4ª dose ajuda a diminuir significativamente os casos graves da doença

Especialista alerta para a importância da 4ª dose da vacina contra a Covid-19
Renee Oliveira, médico infectologista do Pam Salgadinho. Foto: Ascom/SMS
Com o aumento dos casos de Covid-19 nas últimas semanas, a Secretaria de Saúde de Maceió reforça para a importância da população aderir à quarta dose da vacina, que em Maceió está sendo aplicada em pessoas de 40 anos ou mais que tenham 120 dias de intervalo em relação à terceira.

O médico infectologista do Pam Salgadinho, Renee Oliveira, destaca que a pandemia não acabou e, por isso, é importante que as pessoas tomem todas as doses das vacinas e cuidem das medidas de proteção, principalmente para aquelas que pertencem aos grupos de risco.

O profissional fala sobre o aumento de casos, a importância das vacinas e principais medidas de proteção que podem ser seguidas pela população.

Por que está ocorrendo esse aumento no número de casos?

Estamos vivendo um aumento expressivo no número de casos e conseguimos enxergar apenas uma pequena parcela, que são as pessoas que vão em busca de serviços de saúde, que fazem testes de farmácia, autoteste ou o RT-PCR.

A variante presente no momento ainda é a Ômicron e que tem como característica o aparecimento de subvariantes, que são extremamente transmissíveis e que tem a capacidade de escapar do sistema imunológico, mesmo em relação aos vacinados.

Então uma pessoa que teve Covid-19 hoje pode ter daqui a três meses de novo, por conta dessa constante mutação do vírus.

Qual a importância das vacinas nesse cenário?

Estamos observando um grande número de pessoas contaminadas, mas em comparação com 2020 e 2021, o número de pacientes internados é pequeno e são principalmente pessoas que não se vacinaram ou completaram o esquema vacinal.

A variante Ômicron, que é a que está circulando hoje é mais transmissível, não leva a quadros graves, pois não acomete muito o pulmão e tem preferência pelo trato respiratório superior, o que facilita para o organismo se defender com o auxílio das vacinas, que são muito eficazes nessa prevenção.

Qual a importância da quarta dose?

A 4ª dose é muito importante porque dá uma proteção contra as variantes que estamos vivenciando hoje. Ela não vai impedir que a pessoa pegue Covid-19, mas não vai caminhar para quadros graves, internações ou óbitos, que é o principal objetivo do imunizante e que precisamos enfatizar para a nossa população. O esquema vacinal completo é nosso principal aliado.

Quais as principais orientações?

A principal orientação é completar o esquema vacinal. Se nunca tomou nenhuma dose, que o faça o mais rápido possível. Se ainda estiver na segunda dose, que tome as demais.

Outra orientação importante é usar máscaras em ambientes fechados, principalmente aquelas pessoas que estão sintomáticas, pois muitas pessoas estão com um quadro de síndrome gripal e não usam máscaras e precisamos lembar que além da Covid-19, temos outros vírus circulando.

Então se está com dor de garganta, coriza, tosse, é um ato de respeito com as outras pessoas usar máscara de proteção. E os pacientes que são grupos de risco, que tem comorbidades, os imunossuprimidos devem ter mais atenção ainda e também tomar todas as doses da vacina.