13 de agosto de 2022Informação, independência e credibilidade
Mundo

EUA matam Ayman al-Zawahiri, principal líder da Al Qaeda e arquiteto do 11 de Setembro

Chefe do grupo terrorista desde a morte de Bin Laden teria sido atingido por drone no Afeganistão

Uma operação militar dos Estados Unidos realizada neste fim de semana no Afeganistão matou o principal líder da Al Qaeda, Ayman al-Zawahiri, 71, confirmou o presidente Joe Biden.

Descrito pelo democrata nesta segunda-feira como “cérebro de ataques contra americanos”, Zawahiri atuava como número dois da organização terrorista na época dos atentados de 11 de Setembro, abaixo apenas de Osama bin Laden, e era procurado pelos americanos havia mais de duas décadas.

Segundo autoridades americanas, Zawahiri foi atingido com dois mísseis Hellfire quando estava na varanda de um abrigo em uma zona movimentada da cidade.

“Justiça foi feita”

Nascido numa família abastada do Egito, o médico Ayman al-Zawahiri foi morto durante operação dos Estados Unidos no Afeganistão no fim da última semana. A informação foi confirmada hoje pelo presidente Joe Biden.

Mentor dos ataques terroristas de 11 de setembro, al-Zawahiri comandava o grupo terrorista Al-Qaeda desde que Osama bin Laden foi executado em 2011.

“A justiça foi feita e não há mais que temer esse líder terrorista. Àqueles ao redor do mundo que continuam procurando prejudicar os EUA, ouçam-me agora, sempre permaneceremos vigilantes, e agiremos, e sempre faremos o que for necessário para garantir a segurança dos norte-americanos e dentro e fora de nosso território.”