28 de outubro de 2020Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Fátima Canuto propõe criação da Comenda Irmã Dulce

Escolha do nome da Irmã foi pelo fato de a mesma ter dedicado sua vida a cuidar dos mais necessitados

projeto de resolução nº 20/2019 foi uma das cinco matérias discutidas durante a sessão plenária desta quarta-feira, 23. De iniciativa da deputada Fátima Canuto (PRTB), dispõe sobre a criação da Comenda Irmã Dulce, a ser conferida para pessoas e entidades que se destaquem na área social, no âmbito do Estado.

O parecer da Comissão de Constituição, Justiça e Redação teve como relator o deputado Davi Maia (DEM), que opinou pela aprovação da matéria.

“Nosso gabinete sentiu essa lacuna na Casa, quando procuramos prestigiar alguma instituição que realiza trabalho voluntário e ajuda tantas pessoas. Como não existia, aqui na Assembleia, comendas, medalhas que prestigiassem essas pessoas, propusemos esse projeto de resolução”.  Fátima Canuto.

Ela explica que a escolha do nome da Irmã Dulce foi pelo fato de a mesma ter dedicado sua vida a cuidar dos mais necessitados.

“É importante salientar que logo após entrarmos com o projeto de resolução, a Irmã Dulce foi canonizada, tornando-se Santa Irmã Dulce dos Pobres”. Fátima Canuto.

A depurada destacou a importância de que pessoas físicas e jurídicas, que trabalham com voluntariado, possam ser homenageadas pelo Poder Legislativo alagoano.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.