21 de janeiro de 2022Informação, independência e credibilidade
Política

Fortes chuvas provocam alagamentos e queda de árvores em Alagoas

Ao menos uma pessoa em Rio Largo morreu; Centro Nacional emitiu alerta de inundações às margens do Rio São Miguel

As fortes chuvas caíram em Alagoas neste final de semana não vieram sem destruição. Em Rio Largo, uma pessoa morreu atingida por uma árvore, que caiu em sua barraca, perto da Ponte do Humaitá.

Cinco pessoas no total estavam acampadas, em um local de difícil acesso segundo o Corpo de Bombeiros. Ao menos uma outra vítima, de 20 anos, ficou com ferimentos no rosto e dores no braço, sendo estabilizada e encaminhada para a UPA do Tabuleiro.

Entre sábado e domingo, caíram mais de 12 árvores. Na Capital Maceió, ao menos seis foram derrubadas pelas chuvas. E de acordo com a Defesa Civil, houve chamado para dois deslizamentos de barreira, um em Cruz das Almas e outro em Ipioca.

Rio São Miguel

Após um alerta, na noite desse domingo (14), para o risco de inundação às margens do Rio São Miguel, no município de São Miguel dos Campos, em Alagoas, nesta manhã o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) considera nesta segunda a situação “moderada”:

“Considera-se MODERADA a possibilidade de ocorrência de eventos geo-hidrológicos nas regiões metropolitanas de Maceió e de Recife, devido a previsão de chuva ao longo do dia, aos acumulados das últimas 48 horas e a sua alta vulnerabilidade”. Nota do Cemaden.

O nível do rio São Miguel chegou a ficar em mais de 3,5 metros, podendo causar, assim, inundações e alagamentos às suas margens, colocando em perigo ao menos 2.480 pessoas em 620 moradias.