30 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Francisco Tenório responde os “agressivos” Fabio Costa e Thiago Prado com desafio

Deputado pediu a apresentação do vídeo da ação que terminou com a morte de um grupo de assaltantes de banco

Na sessão ordinária de quinta-feira (26), na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Francisco Tenório citou o nome de três delegados da Polícia Civil de Alagoas, dentre eles Fábio Costa e Thiago Prado, para classificá-los como exibicionistas que agem deliberadamente com objetivos políticos.

E defendeu apuração contra a conduta destas autoridades pela Secretaria de Segurança Pública, os acusando de utilizar uma equipe de mídia para filmar as ações, repletas de ‘exibicionismo e pirotecnia’ ao divulgar o resultado das operações nas redes sociais.

Delegados

Os delegados Fábio Costa e Thiago Prado rebateram as declarações e disseram repudiar a postura do deputado, que já foi uma autoridade policial. E afirmam que em todos os anos que se dedicam à função de combate à criminalidade em Alagoas.

E garantem que as filmagens são feitas a partir de câmeras instaladas nos coletes dos próprios policiais da equipe, sem desvio da função deles.

“Nunca pratiquei absolutamente nenhum desvio de conduta. Nunca pratiquei uma falta funcional sequer. Não fui investigado por envolvimento em crime de homicídio, peculato, lavagem de dinheiro, tão pouco fui investigado por formação de quadrilha Eu também nunca trabalhei dentro de uma delegacia de polícia com uma tornozeleira na canela”. Delegado Fábio Costa.

Já Thiago Prado destacou que sua principal missão é estar “ao lado da sociedade combatendo ao mal” e disse ter certeza de que honra as forças policiais e as pessoas de bem do Estado, sem ter nada a esconder.

“Divulgar trabalhos não é exclusividade da nossa profissão, afinal médicos, advogados, políticos, dentre outros trabalhadores também divulgam suas ações nas redes sociais. Esse deputado torce para que a população esqueça as manchetes onde ele é citado. É um cacique da velha política que quer nos calar, fazer cessar nosso trabalho, porque não tem nada a mostrar de serviço à população”. Thiago Prado.

Tréplica

Após ter suas declarações rebatidas, o deputado estadual Francisco Tenório divulgou um vídeo em suas redes sociais explicando que saiu em defesa da categoria após um colega deputado fazer a denúncia sem dizer os nomes, e pediu que esclarecesse quem são os delegados.

“Citei os nomes do delegado Fábio Costa, do delegado Thiago Prado e do delegado Leonam, que têm o hábito de gravar suas ações policiais e exibir nas suas redes sociais. Lamentavelmente, fui talvez mal entendido e esses dois delegados principalmente passaram a me agredir, do ponto de vista moral, atingindo a minha história, como delegado de polícia, como parlamentar. Inclusive, com agressões verbais, de uma maneira tão agressiva que chegou a me assustar”. Francisco Tenório.

Entretanto, o deputado disse que isso não iria atingi-lo, nem o calar por causa de “agressividades”, então os desafiou, exibindo fotos de uma ação policiais realizada pelos delegados no Sertão de Alagoas, que terminou com a morte de um grupo de assaltantes de banco:

“Vocês realmente são pessoas que gostam de exibir as suas ações policiais, e dizem que exibem as ações para informar a população (…) faço aqui o desafio: apresente os vídeos dessa ação policial de vocês”.

Francisco Tenório encerrou o vídeo chamando o delegado Leonam Pinheiro de “fedelho, mal-humorado”. “Nem aos seus colegas se juntam. Aprenda a agir como delegado menino!” encerrou Tenório no vídeo.