17 de setembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Blog

Galba Neto, do MDB, o candidato de JHC para presidência da Câmara

Nos tempos de hoje, no parlamento, raros se aventuram no lado da oposição democrática

A reunião preliminar para a escolha da mesa diretora da Câmara de Maceió: deputados, vereadores eleitos e reeleitos e o prefeito JHC

Em outros tempos o exercício da oposição política nas casas legislativas era fundamental para se ter governos atentos na gestão do patrimônio público.

Isso lá atrás. Mas, aos poucos foi surgindo uma nova geração de jovens políticos eleitos que aderem a qualquer governante, independentemente da ideologia e sigla partidária, de ter sido adversário eleitoral ou coisa parecida.

Hay gobierno? Estoy dentro!

Ou seja, quase ninguém quer fazer oposição. As benesses do poder são atraentes. Ademais, eleição custa caro e o que foi gasto de alguma forma precisa ser reposto, parece ser o pensamento.

Os exemplos estão claros nas Câmaras Municipais, inclusive em Maceió, e Assembleia Legislativa.

Em Maceió, por exemplo, há anos não se sabe quem faz oposição na Câmara de Vereadores. Entra gestor e sai gestor e a imensa maioria é governo.

Na Assembleia Legislativa, nem se fala. Ser da bancada do governo é a meta. Salvo raríssimas proporções.

Também no passado os poderes se diziam independentes e elegiam suas suas mesas diretoras sem interferência explícita de governantes.

Agora, gestores e parlamentares se sentam à mesa para definir quem será presidente, secretário e tesoureiro da casa legislativa.

Não foi por outra razão que o prefeito eleito de Maceió (JHC) sentou esta semana com um grupo de 15 vereadores para discutir a formação da mesa diretora da Câmara Municipal, para a próxima legislatura.

Obviamente que o futuro governo não ficará apenas com 15 edis em sua bancada. Muitos outros vão aderir, como sempre fizeram em todas as gestões passadas.

Em tempo, o nome citado para presidência da Câmara é o do vereador Galba Neto (MDB), que é filho do deputado estadual Galba Novaes (MDB), ex-presidente da Câmara.

O ruído é que o MDB é o partido do governador Renan Filho que foi adversário de JHC.

Para o gestor, o que vale é a governabilidade…

One Comment

  • Avatar Edvilson anéri

    Em meio a esse gigantesco número de partidos torna-se quase impossível essa “lealdade” e coerência partidária.
    O acerto do Prefeito reside em apoiar um político honesto, decente e honrado como é o neto do saudoso Galba Novaes do Tabuleiro dos Martins e filho do grande líder que é, o Deputado Galba Novaes Filho.

Comments are closed.