14 de agosto de 2022Informação, independência e credibilidade
Maceió

Galeria pluvial entupida há 30 anos é recuperada após uso de nova tecnologia

Caminhão de alta sucção e hidrojateamento atuou em área do Benedito Bentes

Galeria pluvial entupida há 30 anos é recuperada após uso de nova tecnologia
Caminhão de alta sucção e hidrojateamento em atuação. Foto: Wilma Andrade/Ascom Seminfra

Técnicos da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) iniciaram, nesta segunda-feira (18), a manutenção de rede de drenagem localizada no Benedito Bentes 1.

De acordo com moradores, há 30 anos o serviço de limpeza não era realizado na localidade, resultando em alagamentos durante o período chuvoso.

Uma unidade dos modernos caminhões vac-all ultrajatos, adquirido pela Prefeitura de Maceió, está sendo responsável pelo  desassoreamento e recuperação do equipamento.

De acordo com o coordenador de Drenagem, Gabriel Rodas, sem esta tecnologia a equipe de manutenção de vias teria que fazer uma nova tubulação, acarretando em custos mais elevados para o Município.

“Esta região tem sofrido com alagamentos devido ao grande período sem manutenção. Era um ponto crônico do Benedito Bentes, onde antes teríamos que substituir toda rede por uma tubulação nova. Com esses novos equipamentos à serviço da prefeitura, o trabalho será realizado com mais agilidade e o valor será mais baixo, comparado com a substituição da rede completa”, afirmou. “Nós estamos trabalhando para que problemas como esse sejam resolvidos na nossa capital”.

De acordo com Wilson Ângelo, morador da Quadra A32, esse problema na rede de drenagem sempre existiu e, no período chuvoso, a população sofre com as vias totalmente alagadas. Para ele, os caminhões de alta sucção e hidrojateamento resolverão os problemas.

“Eu sou morador daqui há 30 anos e sempre tivemos esses problemas quando chove. Nunca tivemos auxílio vindo de outros gestores, mas agora, com a ajuda da Prefeitura de Maceió, vamos finalmente acabar com esse problema”.

Nova tecnologia

A Prefeitura de Maceió firmou um termo com a empresa Goldman Soluções em Saneamento para recuperação estrutural, diagnóstico com vídeo inspeção robotizada, limpeza e desobstrução de galerias de águas pluviais na capital. A obra vai custar R$ 9,4 milhões e o prazo de execução é de 12 meses.

A intenção destes serviços é minimizar os impactos das chuvas, utilizando sistema robotizado para identificar os problemas na rede e, posteriormente, desobstruir as galerias pluviais, promovendo a reabilitação e efetiva funcionalidade do sistema de drenagem.

Será providenciada a limpeza das redes obstruídas com a utilização de modernos caminhões vac-all ultrajatos, equipados com bombas cuja tecnologia é própria para limpeza de galerias pluviais, com alto poder de desobstrução e sucção. Ao todo, serão alocados três caminhões com este sistema em localizações estratégicas no município.