20 de outubro de 2021Informação, independência e credibilidade
Maceió

Gastronomia: impacto na economia de Maceió chega R$ 150 milhões em 2019

Valor é cerca de 66,7% maior do que o registrado em 2018, quando a movimentação girou em torno de R$ 90 milhões

Culinária: segundo motivo de escolha dos turistas que vêm a Maceió e o que mais satisfaz os visitantes. Foto: Arquivo / Ascom Semtel

Considerada um dos  melhores e mais autênticos cartões de visitas do destino, a gastronomia de Maceió tem se consolidado cada vez mais como um importante indutor de fluxo turístico e impulsionador da economia local.

Prova disso é que o segmento gerou um impacto econômico de R$ 150 milhões na economia municipal no ano passado, segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) em Alagoas. O valor é cerca de 66,7% maior do que o registrado em 2018, quando a movimentação girou em torno de R$ 90 milhões.

O montante é referente aos 380 associados da Abrasel que, juntos, geraram quase 16 mil empregos diretos e indiretos na capital. Em relação ao ano passado, o segmento gerou cerca de 7,3 mil empregos a mais que em 2018, quando o número de empregados chegou a quase 9 mil.

Somente nos seis festivais gastronômicos realizados ao longo do ano passado, por exemplo, a associação contabilizou aproximadamente cinco mil empregos gerados e mais de 37,3 mil pratos comercializados durante os eventos.

A Prefeitura de Maceió e a Abrasel mantêm um calendário de ações para divulgação da gastronomia local. Foto: Ascom Semtel

Fomento à gastronomia

Com o intuito de promover o segmento, a Prefeitura de  Maceió, por meio da Semtel, mantém um calendário de feiras, eventos e ações de divulgação da gastronomia local em parceria com a Abrasel.

O convênio faz parte das ações de estruturação e promoção dos atrativos turísticos da capital, que contribuem para a manutenção do fluxo de visitantes e a geração de emprego e renda para a população maceioense.