17 de agosto de 2022Informação, independência e credibilidade
Brasil

Gilmar Mendes diz que perseguição de Bolsonaro à Anvisa é vergonha nacional

Ministro do STF fez postagem no Twitter e pediu investigação contra Bolsonaro

Gilmar: perseguição aos servidores da Anvisa é uma vergonha

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes se pronunciou na noite deste domingo, 19, sobre as ameaças feitas aos funcionários da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

No Twitter, ele afirmou que “a perseguição aos técnicos da Anvisa é uma vergonha nacional”.

Veja:

 

Mais cedo, a agência divulgou uma nota sobre novas ofensas e intimidações feitas a servidores e funcionários. Mensagens foram publicadas nas redes sociais indicando possíveis ataques a diretores e servidores do órgão por conta da autorização do uso da Pfizer para vacinar crianças de 5 a 11 anos.

Entenda o caso

A Anvisa entregou um ofício ao procurador-geral da República, Augusto Aras, no qual solicita a apuração das ameaças contra servidores e diretores do órgão. Além disso, o documento também pede proteção policial para os envolvidos. Eles alegam que receberam novas ameaças de violência nas últimas 24 hora.

De acordo com nota divulgada pelo órgão neste domingo, ofensas e intimidações contra os funcionários foram publicadas nas redes sociais neste sábado (18/12).

“Esses fatos aumentaram a preocupação e o receio dos diretores e servidores quanto à sua integridade física e de suas famílias”, diz a nota. Além disso, eles acrescentam que os funcionários ficaram apreensivos por conta das ameaças.

“Reitera-se COM URGÊNCIA o pedido de proteção policial aos citados agentes públicos e suas famílias a fim de salvaguardar a sua integridade física e psicológica diante da gravidade da situação enfrentada”, diz o texto.