26 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Governo de AL financia ideias inovadoras com com aporte financeiro de R$ 20 mil

Programa é uma realização da Secti em parceria com a Fapeal e o Sebrae Alagoas

Ao final do processo, as ideias serão apresentadas a uma banca avaliadora (no Demoday) que selecionará as cinco mais inovadoras. Foto:Valdenys Virtuoso

Os selecionados para a segunda rodada do Programa Geração do Hoje Serviços (GdH-S) já têm data para começar a colocar em prática suas ideias inovadoras.

Após um processo de seleção, 15 ideias foram escolhidas e passarão por mentorias comandadas pelo CEO da Hand Talk, empresa alagoana, Ronaldo Tenório.

As aulas começarão no próximo dia 2 de junho e seguem até o dia 11 de julho com capacitações  teórico-práticas para maturar seus projetos.

Ao final do processo, as ideias serão apresentadas a uma banca avaliadora (no Demoday) que selecionará, em consenso, os 5 pitches mais inovadores, onde cada um receberá, do Governo de Alagoas, um aporte financeiro no valor de R$ 20 mil para poder investir no seu negócio, criando um ambiente propício ao surgimento de ideias inovadoras, aumentando a competitividade de mercado e fortalecendo as micro e pequenas empresas.

Os selecionados nessa segunda rodada foram: Tentakulus; Soluções em gestão e desenvolvimento da Aquicutura; Graça Master; Elpis; Face Door soluções inteligentes; E – Redutti; Phi criativo realidade aumentada; SOL  – Plataforma de Inteligência do Nordeste; DTec – i9; iField – plataforma de serviços de sensoriamento remoto agrícola; GatrôPédia; PrecisouAchou; Fiscal Box; Fertigas e Tutti Revestimentos.

O programa é realizado pela Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Secti), em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa de Alagoas (Fapeal) e o Sebrae Alagoas. Para o secretário da Secti, Silvio Bulhões, esse programa representa o primeiro estágio de políticas públicas do Governo em ciência, tecnologia e inovação.

“O GdH-S tem foco em empreendedores alagoanos, com o propósito de incentivar e qualificar ideias inovadoras em seu estágio mais inicial, sendo a primeira etapa no fomento a políticas públicas de CT&I pelo Governo de Alagoas. Depois dela, temos outros programas que formam a trilha completa de fomento, chegando até a fase de aceleração, com empresas mais maduras”.

Primeira rodada

Na primeira rodada do programa, que aconteceu em dezembro do ano passado, quatro startups foram selecionadas, passaram pelo processo de mentoria, receberam o apoio financeiro do Governo e já estão alavancando seus negócios, foram elas: Alpha D, Mulheres Conectadas, Com Paixão e Sirius Ecotech.

Segundo Caroline Monteiro, da startup Alpha D, voltada para independência tecnológica do público 50+, participar do GdH-S foi essencial para a evolução da empresa.

“É o nosso Estado gerando oportunidade para nós. Tivemos capacitações incríveis com os mentores que ajudaram muito a equipe a construir os passos essenciais que precisamos desenvolver para uma startup, além, claro, da premiação que vai possibilitar a continuidade do projeto”.