26 de outubro de 2020Informação, independência e credibilidade
Maceió

Governo faz levantamento para realocar famílias que ocupam prédio condenado

Famílias que estão alojadas no prédio Maria Moreno, na Praça Marechal Floriano Peixoto, Centro de Maceió

Ação de levantamento social de famílias que ocupam prédio condenado foi feita nesta sexta-feira. FOto: Ascom Gabinete Civil

Em ação coordenada pela Gerência de Articulação Social do Gabinete Civil e que envolveu as secretarias estadual e municipal de Assistência e Desenvolvimento Social; Centro de Gerenciamento de Crises, Direitos Humanos e Polícia Comunitária – sob orientação do Ministério Público Estadual (MPE), foi realizado, nesta sexta-feira (16), o acompanhamento e o levantamento das famílias que estão alojadas no prédio Maria Moreno, antiga Controladoria Geral do Estado (CGE), localizado na Praça Marechal Floriano Peixoto, Centro de Maceió.

As famílias são vinculadas à Frente Nacional de Lutas (FNL). O intuito é obter um laudo oficial do quantitativo de pessoas que está no prédio Maria Moreno, cujas instalações já foram condenadas pelo Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil estadual.

O edifício foi ocupado em fevereiro deste ano. Desse período até o momento, os ocupantes e o FNL foram notificados pelo Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) – responsável pelo patrimônio do Estado – dos riscos iminentes de um acidente na estrutura condenada do edifício.

“O objetivo deste trabalho é de que as famílias sejam retiradas do local de risco iminente. A ação respeita a dignidade das famílias com toda assistência e estrutura do Estado e da Prefeitura, no sentido de preservar a vida dessas pessoas”. Edenilsa Lima, gerente de Articulação Social do Gabinete Civil.

A ação é fruto, ainda, de uma reunião recente com o MP para que se fizesse um levantamento e se identificassem as famílias que de fato ocupam o prédio. A próxima etapa é para a desocupação ordenada e responsável do edifício.

Após a análise dos dados recolhidos hoje junto às famílias, as secretarias encaminharão conjuntamente os atendimentos das demandas sociais relacionadas à assistência social identificadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.