15 de agosto de 2022Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Governo inaugura na quinta Estação de Tratamento de Esgoto que beneficia 120 mil pessoas

Unidade foi construída por meio de um Contrato de Locação de Ativos entre Casal e consórcio Sanema

Investimento previsto em todo o sistema de esgotamento sanitário é de aproximadamente R$ 185 milhões. Foto: Ascom Casal

 

O governador Paulo Dantas e o presidente da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), Luiz Neto, inauguram, a partir das 9h da próxima quinta-feira (30), a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Caçadores, situada em uma área do bairro do Farol, por trás do Quartel do Exército, em Maceió.

A unidade foi construída por meio de um Contrato de Locação de Ativos entre a Casal e o consórcio Sanema, liderado pela Conasa Infraestrutura, e vai atender a cerca de 120 mil pessoas.

O investimento previsto em todo o sistema de esgotamento sanitário é de aproximadamente R$ 185 milhões, dos quais cerca de R$ 30 milhões foram investidos apenas na Estação de Tratamento.

“O acesso à coleta e ao tratamento do esgoto garante aos moradores prevenção de doenças, melhoria da saúde, meio ambiente melhor preservado e, também, valorização imobiliária”. Luiz Neto, presidente da Casal.

As redes coletoras desse sistema estão em fase final de implantação e contemplam os seguintes bairros da parte média alta da capital: Pitanguinha, Gruta de Lourdes, Canaã, Jardim Petrópolis, Farol, Pinheiro e Santo Amaro.

Ao todo, o sistema terá 80 quilômetros de redes coletoras, coletores-tronco e linhas de recalque e 18 estações elevatórias de esgoto, além da própria Estação de Tratamento, a qual possui capacidade para tratar 238 litros de esgoto por segundo.

 “A participação da iniciativa privada nas obras de infraestrutura é de fundamental importância para o desenvolvimento do país. Colaboramos hoje com investimentos no saneamento, iluminação pública e rodovias, e a construção da obra da ETE Caçadores e todo o sistema de esgotamento sanitário são mais um exemplo de como podemos ajudar a população a contar com serviços essenciais para a saúde, segurança e qualidade de vida”. Mario Marcondes Neto, presidente da Conasa Infraestrutura.

Como boa parte dessas redes e elevatórias já está pronta, a ETE já pode receber e tratar o efluente. Os moradores que possuem rede coletora na porta estão recebendo comunicados da BRK Ambiental para que se interliguem o quanto antes. Ao fazerem isso, eles devem desativar as fossas sépticas, comumente usadas em locais que não dispõem de rede coletora de esgoto.

Por outro lado, quem já tem a rede na porta, mas ainda não recebeu o comunicado, por enquanto, não deve se interligar a ela. Isso porque o imóvel somente pode ser interligado quando a rede estiver finalizada e com as respectivas estações elevatórias também prontas. As elevatórias são estruturas responsáveis por fazerem o bombeamento do esgoto, por meio das redes, até a ETE.

A expectativa da Casal e da Sanema é que até o final de agosto todas as elevatórias e redes estejam 100% finalizadas. Assim, os demais moradores também receberão os comunicados para que se interliguem a essas estruturas.