21 de janeiro de 2022Informação, independência e credibilidade
Economia

Grupo Solar anuncia novo investimento de R$ 25 milhões em Alagoas

Marca amplia aplicação em mais de R$ 65 milhões, em menos de um ano, e gera 1.700 empregos diretos

Depois de ter anunciado há menos de um ano a instalação de uma nova linha de produtos em Alagoas, o Grupo Solar confirmou, nessa quinta-feira (30), mais um investimento de R$ 25 milhões e ampliação da sua produção no estado.

O comunicado foi feito durante reunião entre o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, e o gerente de Relações Governamentais, Arthur Ferraz.

A empresa, que conta com incentivos fiscais do Programa de Desenvolvimento Integrado do Governo de Alagoas (Prodesin), inclui às suas vendas de sucos, água, refrigerantes e chás gelados, o energético Monster.

Com a nova linha, o Grupo Solar amplia aplicação em mais de R$ 65 milhões nos últimos seis meses, e geração de 1.700 empregos diretos. A expectativa do grupo é começar a operar já em 2021, com a produção de um milhão de caixas anuais do tônico.

“Encontramos em Alagoas uma política de concessão de benefícios extremamente competitiva e um ambiente econômico favorável. Isso é essencial para pensarmos em novos investimentos e avanços aqui no estado”. Arthur Ferraz, gerente de Relações Governamentais.

Com a nova conquista, além de a fábrica em Alagoas ser a única do Norte-Nordeste a produzir todos os produtos da linha do Grupo Solar, ela é também a primeira indústria de energéticos da região.

“Para nós é uma alegria anunciar, mais uma vez, a ampliação de investimentos do Grupo Solar. Com a produção do produto Monster, nos tornamos o principal polo produtor dos produtos Coca-Cola, e a primeira indústria de energético da região Norte e Nordeste. Esses são os reflexos da nossa política arrojada de incentivos, que tem sido um diferencial decisivo nas estratégias de prospecção e crescimento de novos negócios para Alagoas”. Rafael Brito.secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo,