20 de outubro de 2021Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Hospital Regional do Médio Sertão começa a ser construído na próxima semana

Situado em Palmeira dos Índios, onde foi assinada a ordem de serviço, equipamento tem entrega prevista para 2023

Ordem de serviço foi assinada pelo governador Renan Filho e pelo secretário Alexandre Ayres. Foto: Márcio Ferreira

O maior conjunto de investimentos em saúde pública da história de Alagoas ficou ainda mais robusto com a autorização da construção do quarto grande equipamento no interior do estado: o Hospital Regional do Médio Sertão (HRMS), localizado em Palmeira dos Índios. Esta é a oitava das dez unidades hospitalares que serão entregues pelo Governo Estadual até o final da gestão.

A ordem de serviço foi assinada pelo governador de Alagoas, Renan Filho, e pelo secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, nesta quinta-feira (6), permitindo o início das obras para a próxima semana. O documento foi assinado durante o lançamento da Caravana Avança Escola 10, em Palmeira dos Índios.

Com investimentos de cerca de R$60 milhões, o Hospital Regional do Médio Sertão tem previsão de entrega para o primeiro semestre de 2023. A unidade será a realização de um sonho que vai ajudar muito na saúde pública do município e de toda a região, segundo o governador de Alagoas.

Durante coletiva de imprensa, o chefe do Executivo também apresentou o cenário dos investimentos em saúde realizados pela atual gestão.

“Cinco hospitais já foram entregues, o Hospital da Criança e o Hospital do Idoso estão quase prontos, estes serão o sexto e o sétimo, respectivamente. Vamos iniciar o oitavo aqui, que é o Hospital do Médio Sertão, e nos próximos dias vamos iniciar o Hospital Metropolitano do Agreste, que vai atender a toda 2ª Macro Região de Saúde e será construído em Arapiraca”. Renan Filho.

De acordo com Alexandre Ayres, a chegada deste hospital é um grande avanço e uma virada de página.

“A chegada desse equipamento vai mudar a forma de fazer saúde pública nessa região de Palmeira dos Índios que, antes, dependia exclusivamente do atendimento em Santana do Ipanema e em Arapiraca. A previsão da entrega desse hospital é de 18 a 24 meses, a gente tá falando do início ou do meio de 2023”. Alexandre Ayres.

Para o prefeito da cidade, Júlio César, Palmeira dos Índios tinha um sonho de ter um hospital no município pelo vazio assistencial e dificuldade de encontrar vagas. “É a realização de um sonho”, vibrou.

A obra será construída no mesmo formato dos hospitais regionais, com 100 leitos clínicos e 30 Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Ayres explicou que o hospital terá porta aberta para urgência e emergência 24h, maternidade, centro cirúrgico do mais alto gabarito, além do Centro de Referência com tomografia e raio-X. A expectativa é atender uma população de 300 mil pessoas.