21 de janeiro de 2022Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Hospital Regional do Norte, com 123 leitos, é inaugurado nesta segunda

Construído em uma área de 11.320 m², o novo hospital recebeu investimentos do Tesouro Estadual da ordem de R$ 30,7 milhões

O governador Renan Filho inaugurou nesta segunda (6) o Hospital Regional do Norte, que será fundamental para resolver 85% dos problemas de saúde da região.

Com capacidade para 123 leitos, a unidade hospitalar vai gerar mais de 500 empregos. Devido à pandemia, o hospital teve sua abertura antecipada e atenderá, inicialmente, apenas pacientes com suspeita ou que testaram positivo para a Covid-19.

Construído em uma área de 11.320 m², o novo hospital recebeu investimentos do Tesouro Estadual da ordem de R$ 30,7 milhões.

Conforme o projeto elaborado pela equipe técnica da Superintendência de Atenção à Saúde (SUAS), o a unidade irá contemplar uma população estimada em 166 mil habitantes. Com isso, além de Porto Calvo, serão beneficiados os moradores de São Luís do Quitunde, Jacuípe, Jundiá, Matriz do Camaragibe, Passo do Camaragibe, São Miguel dos Milagres, Japaratinga, Porto de Pedras e Maragogi.

Durante a inauguração, Renan Filho , ao lado dos prefeitos, secretário de Saúde Alexabdre Ayres e várias autoridades, explicou que o Hospital Regional do Norte vai funcionar como centro especializado para tratamento de casos da Covid-19. Inicialmente, serão disponibilizados 60 leitos, 50 de enfermaria (clínicos) e 10 de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Depois da pandemia, irá atender urgência e emergência, partos, cirurgias de todos os tipos (até de grande porte) e exames laboratoriais de imagem.

O  governo liberou chamamento público, que já está divulgado nas redes sociais, para contratação de 500 profissionais. O hospital continuará no sistema portas fechadas, ou seja, precisa ir primeiro para uma UBS para ser encaminhado ao hospital, por conta do Coronavírus.

O governador também anunciou que o Norte de Alagoas terá mais investimentos para retomada econômica, fortalecimento do turismo e  geração de empregos , além de um conjunto de investimentos com a duplicação da AL 101 norte, outra estrada no Morro de Camaragibe, uma ponte do Morro para a Barra de Camaragibe e a conclusão de uma obra antiga se estendendo até Porto de Pedras.