29 de novembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Maceió

IMA embarga obra da Braskem após tremor de terra no Mutange

Foi dado ainda prazo de 10 dias para que a mineradora esclareça as causas do evento que podem ter provocado o tremor no local

O canteiro de obras da mineradora Braskem, que fica no Mutange, foi embargado pelo Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA), nesta quarta-feira (10) .

Além disso, o IMA deu prazo de 10 dias para que a mineradora esclareça as causas do evento que podem ter provocado o tremor sentido pelos moradores do bairro do Pinheiro, e confirmado pela Defesa Civil, na sexta-feira (5).

Leia mais: Defesa Civil confirma abalo sísmico a 200 metros de profundidade no Mutange
Prefeitura de Maceió recebe demandas de moradores dos bairros afetados pela Braskem

No local onde a Braskem realiza o enchimento de um poço, está antigo Hospital Psiquiátrico José Lopes, área onde a mineradora realiza o trabalho de preenchimento das cavidades abertas durante décadas da mineração que provocou o afundamento do solo em parte da cidade.

“No canteiro de britagem existia um britador móvel durante a etapa de fiscalização da equipe de monitoramento e fiscaslização do IMA. Foi verificado que existia um britador móvel e na área de enchimento, toda a área operacional para realizar o enchimento das cavidades que estão sendo preenchidas com areia”. Trecho de nota do IMA.

A Braskem através de assessoria informou que as atividades na área de enchimento da mina já haviam sido paralisadas logo após o relato dos moradores. E que os estudos devem ser concluídos nos próximos dias. Confira a nota na íntegra:

A Braskem informa que já havia paralisado as atividades na área de enchimento de mina próxima ao Hospital José Lopes, no bairro do Mutange, na última sexta-feira, 5. A medida foi adotada de forma preventiva, imediatamente após o registro do microssismo. A empresa segue realizando análises que têm por objetivo aprofundar o entendimento sobre o evento e a previsão é que os trabalhos de campo sejam concluídos até o final da semana.

Com relação à paralisação preventiva das atividades previstas para acontecer no canteiro operacional montado no bairro do Pinheiro, em área distinta ao local onde ocorreu o microssismo, a Braskem esclarece que tais atividades ainda não foram iniciadas. O canteiro foi montado para que uma empresa contratada faça a britagem de materiais de demolições futuras de imóveis desocupados, conforme previsto em acordos com as autoridades, mas as obras ainda estão em fase de testes e licenciamentos.

A Braskem continuará prestando os esclarecimentos necessários às autoridades competentes.

Mapa das áreas de desocupação e monitoramento