27 de outubro de 2021Informação, independência e credibilidade
Maceió

JHC anuncia construção de novo bairro sustentável com 1.500 imóveis no Cidade Universitária

Espaço terá escolas, academia, feiras livres, funcionando como um polo de economia criativa

O prefeito de Maceió, JHC, se reuniu nesta quarta-feira (29) com empresários da construtora Engenharq. Durante a visita, eles conversaram sobre a instalação na capital do Shopping Jardim Center, no bairro Cidade Universitária, na parte alta da capital.

O novo empreendimento, em parceria com a iniciativa privada, terá 2 mil lotes urbanizados, em forma de condomínio, e mais 1.500 casas, além de escolas, academia ao ar livre, feiras livres, hortas, funcionando como um polo de economia criativa e novo bairro sustentável.

“Tudo isso foi discutido para que nós possamos cuidar das pessoas, daquela centralidade, para que a gente possa ter um desenvolvimento socioeconômico, urbanístico que se adeque ao nosso pensamento, ao que nós imaginamos como uma cidade voltada para as pessoas. Portanto, a gente fica muito feliz de anunciar mais esse empreendimento, gerando emprego e renda de forma célere”. JHC.

O empresário Hugo Ferro, da Engenharq, informou que o projeto está pronto e o terreno já foi adquirido.

“Essa proatividade da Prefeitura é interessantíssima porque nosso interesse é lançar esse empreendimento agora no mês de outubro. São mil empregos diretos só na área do shopping, mais de cinco mil indiretos e dois mil empregos usados na construção desse empreendimento”. Engenharq.

Segundo o empresário, Maceió será pioneira no projeto. “A ideia do bairro sustentável vai ser um vetor, então a gente vai desenvolver para que sirva de exemplo para outras cidades do Brasil”.

O empresário Fernando Saldanha, da Engenharq, destacou que o empreendimento levará também cultura e artes à região. “É uma área de 132 hectares, que hoje é um plantio de cana, que será totalmente urbanizada”, disse.

O secretário-adjunto de Planejamento Urbano da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente (Sedet), Tacio Rodrigues, afirmou que embora seja um empreendimento privado, o prefeito apresentou propostas.

“Ele entendeu o empreendimento e na visão da prefeitura, de criar o polo de economia criativa, um bairro inteligente, planejado, passou isso para os empreendedores e eles absorveram e concordaram em fazer”. Tacio Rodrigues.

Ele informou ainda que a Prefeitura está passando as diretrizes para que o espaço seja humanizado. “Que tenha mais espaço público para as pessoas, como academia ao ar livre, prefeitura itinerante, sustentabilidade. De ter um bairro que as pessoas possam se orgulhar, uma comunidade de fato e para as pessoas. Humanizar, sempre. Esse vai ser o foco”, ressaltou.