4 de dezembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Maceió

JHC e ONG Gerando Falcões se unem para transformar realidade do Vergel do Lago

Aliança vai desenvolver um plano que mudará a vida de quem mora na região

Transformar a realidade social do Vergel do Lago, um dos bairros mais carentes de Maceió, é um dos desafios diários do prefeito JHC. Nesta segunda-feira (26), o pontapé inicial para essa virada de página foi dado.

Uma parceria entre a Prefeitura e a ONG Gerando Falcões começou a ser definida em reunião virtual entre JHC e o CEO fundador da instituição, Eduardo Lyra. Eles pretendem desenvolver um plano de emancipação social das famílias que habitam na localidade.

“Confio e acredito muito no trabalho de vocês. Feliz agora como prefeito em ser essa ponte para conectarmos as figuras corretas e podermos transformar, especialmente os locais de maior vulnerabilidade social. Já estamos construindo 1.700 moradias que serão parte importante desse processo de revitalização da nossa orla lagunar”. JHC.

O prefeito ressaltou o poder que têm os projetos de inovação social com os quais a ONG trabalha.

“São iniciativas que têm efeitos reais na vida das pessoas de maneira extraordinária, com credibilidade. Mesmo que as pessoas não acreditem no potencial que têm, mas vocês vão lá e fazem com que elas despertem para o futuro, para o amanhã, e a partir daquele momento tudo muda na vida delas”. JHC.

Por sua vez, Eduardo Lyra pontuou que “a atuação e a vontade política do prefeito são cruciais para que essa transformação social seja realmente efetivada”. A Gerando Falcões é uma organização social sem fins lucrativos voltada à promoção social de crianças e adolescentes através do esporte e cultura. O grupo ainda atua na capacitação profissional de jovens e adultos para o mercado.

Segundo Lyra, a sinergia de forças, como está ocorrendo agora, é vital para a mudança de realidade em locais com alto índice de vulnerabilidade social.

“Para transformar o Brasil não dá para ser só com dinheiro do governo federal ou da prefeitura. Tem que ser um mix de esforços da comunidade, de governos, de filantropia. Construir um futuro sem pobreza, onde a palavra criança e pobreza não coexistem no mesmo espaço”. Gerando Falcões.