9 de março de 2021Informação, independência e credibilidade
Maceió

JHC fala em dívida de R$ 300 milhões e prepara decretos para cortar gastos e reduzir despesas

No início dos trabalhos da Câmara em 2021, prefeito falou da importância da união entre os poderes pelo bem de Maceió

Foto: Edvan Ferreira

A Câmara Municipal de Maceió iniciou, nesta quinta-feira (18), os trabalhos legislativos de 2021. O prefeito JHC participou da sessão, onde fez a leitura da mensagem governamental na abertura da 22° legislatura da Casa Mário Guimarães.

Em seu pronunciamento, o prefeito JHC falou da importância da união entre os poderes pelo bem de Maceió, mas também pontuou os desafios encontrados no começo da gestão à frente da Prefeitura.

“Herdamos mais de R$ 330 milhões em dívidas. As contas públicas estavam descuidadas. Gastava-se mais do que se arrecadava. Isso também começou a mudar. Começamos a tirar do papel ações importantes e urgentes para nossa cidade e que têm impacto direto no dia a dia do maceioense”. JHC.

Por causa disso, já estão sendo articulados decretos com base nos levantamentos feitos nas secretarias e órgãos que estão sendo devidamente analisados pela equipe jurídica.

“Somos todos representantes da Câmara Municipal. Estamos começando uma Legislatura ainda mais desafiadora com uma pandemia e a questão dos bairros afundando. Não temos direito de colocar nossos planos pessoais acima do bem da população. É nosso dever usar nosso poder pra mudar a realidade do povo. Deixo meu mais profundo sentimento de cooperativismo, estarei firme com esse propósito alinhado com o executivo para atingir nossos objetivos”. JHC.

Como tanto a reforma administrativa e fiscal têm relação direta com a execução de recursos, o orçamento que está sendo concluído em conjunto ainda não foi encaminhado à casa para a sua aprovação.