26 de outubro de 2020Informação, independência e credibilidade
Maceió

JHC promete ampliar número de vagas em creches municipais de Maceió

Protocolo de retorno integral às aulas após a pandemia também será criado, com respeito às políticas sanitárias

Em Maceió, há um déficit de 5.600 vagas nas creches para crianças na idade de 0 a 3 anos, segundo dados da ONG Todos pela educação. Ampliar o acesso às creches é um dos compromissos de JHC com a educação.

Ele também vai criar o Programa “Lugar de Família é na Escola”, tornando o ambiente escolar uma área de convívio familiar em dias onde não se tenha aula, ampliando assim a integração com a comunidade.

“Queremos que as famílias façam parte da rotina das escolas, que se aproximem do processo de educação dos filhos e filhas. A gestão desses espaços também precisa ser mais democrática, com o fortalecimento das eleições para os diretores das unidades escolares. Vamos trabalhar em um modelo assim, estruturado com a contribuição dos alunos e seus responsáveis no aprendizado e administração”. JHC.

Outro programa proposto, “De volta à escola”, fará uma busca ativa, através de agentes da educação, em parceria com os conselheiros tutelares, de alunos que tenham abandonado ou estejam fora do sistema público de ensino, especialmente em decorrência da pandemia, assim reduzindo as taxas de abandono.

JHC também vai expandir a educação infantil em tempo integral e elevar o número de matrículas para essa etapa escolar.

“A ONG Todos Pela Educação fez um levantamento e apontou que 2.350 crianças de 4 a 5 anos de idade estão fora da escola na capital alagoana. O percentual de crianças sem estudar é o maior do Nordeste. Temos que colocar essas crianças de volta nas escolas, a educação é um dos maiores instrumentos de transformação, precisamos ampliar o acesso e diminuir a ausência”. JHC.

Um ponto de destaque entre as proposta do candidato a prefeito é diminuir a taxa de distorção idade-série nas escolas municipais, já que aproximadamente 25% dos alunos do 5º ano tem dois anos ou mais de atraso escolar.

A pandemia também foi considerada, visto que será criado um protocolo para retomada integral das aulas na rede municipal, observando políticas sanitárias que preservem alunos, famílias e profissionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.