27 de novembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Maceió

JHC vai substituir carros locados da Prefeitura pelo aplicativo Táxi-Maceió

Iniciativa deve revitalizar o mercado de trabalho de 4 mil taxistas da cidade

Prefeito JHC conheceu o aplicativo na Prefeitura do Rio de Janeiro e trouxe para Maceió.

Uma rede de 4 mil táxis cadastrados para servir a Prefeitura de Maceió, em vez dos carros locados pelo pode público. Essa é a nova estratégia da Prefeitura de Maceió com o lançamento do aplicativo (app gratuito) Táxi-Maceió.

A nova plataforma já existe na Prefeitura do Rio de Janeiro com o Táxi-Rio, para onde foi o prefeito maceioense JHC (PSB).  Ele conheceu o sistema e ficou entusiasmado com a novidade, que foi apresentada pelo  secretário da Fazenda e Planejamento do Rio de Janeiro, Pedro Paulo.

Disse ele que o objetivo da adoção da tecnologia é tentar resgatar a dignidade da categoria dos taxistas e reverter o cenário de dificuldades que os profissionais enfrentam com a diversidade de aplicativos de transporte existentes no mercado.

JHC destacou a ainda que os taxistas terão ampla participação no processo. “Da forma mais democrática possível, todo o processo vem sendo amplamente conversado com os taxistas. A partir desse acordo de cooperação, vamos implantar na nossa cidade o Táxi-Maceió e garantir renda para essa categoria tão importante”, disse o prefeito.

Em junho, o prefeito JHC se reuniu com taxistas e apresentou à classe o Táxi Maceió. No encontro, a secretária de Gestão, Rayanne Tenório, informou que todos os taxistas que estão no banco de dados da SMTT (Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito) já estão pré-cadastrados na plataforma e vão passar também a segunda etapa, que é uma validação. Cerca de 4 mil taxistas devem ser beneficiados.

 

One Comment

  • Avatar Gabriella torres

    O que vai acontecer com os motoristas da secretaria de saúde? Vão ficar desempregado?
    Pq da mesma forma que os taxistas precisam de dinheiro para sustentar sua família os motoristas da SMS também precisa. O prefeito tem que pensar dos dóis lados.

Comments are closed.