25 de setembro de 2020Informação, independência e credibilidade
Esportes

Libertadores terá transmissão do SBT e estreia será com Palmeiras

Globo rescindiu seu contrato com a competição já iniciada, devido à pandemia do novo coronavírus

O SBT fechou a compra dos direitos de transmissão da Copa Libertadores da América para TV aberta, com contrato assinado, na manhã desta quinta (10), pelo vice-presidente da emissora de Silvio Santos, José Roberto Maciel, e representantes da Conmebol, a entidade máxima do futebol sul-americano.

A primeira transmissão será entre Bolívar e Palmeiras, pela terceira rodada da fase de grupos, na próxima quarta-feira (16). Agora, a emissora de Silvio Santos irá tomar providências para a montagem de sua equipe.

E como a Conmebol se responsabiliza pelo aspecto técnico das transmissões (equipamentos, especialistas etc), o canal pode usar mais recursos na contratação dos profissionais à frente das câmeras.

Os primeiros nomes estudados para a narração são os de Téo José e de André Henning.

O primeiro trabalha para a Disney e foi emprestado ao SBT para comandar a transmissão do Fla-Flu que decidiu o Carioca deste ano, em julho.

O segundo é o nome titular da Turner em transmissões do Brasileirão e da Liga dos Campeões da Europa. Ambos estão com contrato perto do fim com seus empregadores.

Para reportagem e comentários, Mauro Naves é um dos nomes preferidos da cúpula, devido a sua experiência e popularidade após muitos anos na Globo.

Globo

O acordo entre Conmebol e SBT só foi possível depois de a Globo rescindir seu contrato com a competição já iniciada, mas interrompida devido à pandemia do novo coronavírus.

A emissora carioca manteve negociações com a confederação sul-americana e ainda tentou uma última cartada nesta semana para manter a Libertadores em seu menu.

A aproximação foi rejeitada: a entidade já estava com condições e valores acertados com o SBT. A Globo tinha um contrato até 2022 por US$ 60 milhões ao ano pelos direitos tanto de TV aberta e jogos da TV fechada.

A rescisão do acordo foi pedida à Conmebol por considerar o valor alto —principalmente após a disparada do valor do dólar nos últimos meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.