23 de junho de 2021Informação, independência e credibilidade
Maceió

Maceió é destaque no Jornal Nacional pelo sucesso na campanha de vacinação

Jornalístico da TV Globo deu espaço à exemplar iniciativa de concluir imunização dos grupos prioritários

O mais importante noticiário brasileiro noticiou com destaque, na noite desta segunda-feira, 24, o sucesso na campanha de vacinação contra a covid 19, em Maceió. O editor chefe e apresentador do Jornal Nacional, William Bonner chamou a matéria que deu ênfase à conclusão da imunização dos grupos prioritários.

A matéria apresentou o empenho exitoso da Prefeitura de Maceió com a instituição de oito pontos de vacinação na capital funcionando de domingo a domingo, além da disponibilização do serviço ampliado de vacinação no Corujão da Vacina – das 9h às 21h, assim batizado pela gestão do prefeito JHC.

“Todo este empenho, facilitou o acesso das pessoas”, resumiu o jornalista Amorim Neto, repórter de rede da TV Gazeta, filiada da Rede Globo para Alagoas.

De acordo com a reportagem, produzida pelos jornalistas Amorim Neto e Aldo Correia, a capital alagoana alcançou a marca de 5.500 pessoas vacinadas por dia, em média. No geral, 245.316 maceioenses receberam a primeira dose e 98.256 estão devidamente imunizados por terem tomado as duas doses.

O prefeito JHC salientou que o sucesso no desempenho da vacinação em Maceió se deve ao planejamento estabelecido, pois, logo após sua posse em janeiro deste ano, um plano estratégico foi traçado para imunizar a população.

“Tudo para que a gente pudesse executar um plano eficaz de imunização”. JHC.

Dentro desta organização, a capital começou a imunização por faixa etária nesta segunda (24), vacinando pessoas com 59 anos sem comorbidades com o nome que inicia com as letras de A a L. Já na terça-feira (25), serão vacinadas as pessoas de 59 anos sem comorbidades que tem como inicial de seu nome as letras de M a Z.

A Prefeitura de Maceió trabalha ainda para nos próximos dias colocar mais oito pontos de vacinação em funcionamento, elevando para 16 o número de locais próprios para a imunização dos maceioenses.