27 de setembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Maceió

Maceió prossegue com vacinação de maiores de 16 anos contra Covid-19

População de 12 a 17 anos com comorbidades ou com deficiência permanente também já pode se vacinar, exclusivamente nos dois drive-thrus e no Maceió Shopping

Foto: Jonathan Lins

Maceió prossegue vacinando pessoas com 16 ou mais, contra Covid-19, nesta terça (31). Esta faixa passou a ser contemplada no sábado (28), sendo plenamente ampliada ontem (30), com vacinação do último grupo, que tem iniciais entre O e Z.

A vacina está disponível nos oito pontos fixos de vacinação. A população de 12 a 17 anos com comorbidades ou com deficiência permanente também já pode se vacinar, exclusivamente nos dois drive-thrus de Jaraguá e Serraria, além de no Maceió Shopping.

Os demais grupos, todos acima de 17 anos, podem se vacinar em todos os postos disponíveis.

Os pontos localizados na Praça Padre Cícero (Benedito Bentes), Papódromo (Vergel), Terminal do Osman Loureiro e Ginásio Arivaldo Maia (Jacintinho) funcionarão no horário das 9h às 16h, assim como nos drive-thrus de Jaraguá e Serraria e os shoppings Pátio (Cidade Universitária) e Maceió (Mangabeiras).

Documentos necessários

Para se vacinar com a primeira dose, é necessário apresentar documento de identificação com foto, CPF e comprovante de residência (original e cópia).

Os adolescentes de 17 e 16 anos podem se dirigir aos pontos de vacinação desacompanhados. Já os de 12 a 15 anos deverão estar, necessariamente, acompanhados de pai, mãe ou responsável e, diante de impossibilidade da presença destes, é necessário que esteja acompanhado de pessoa maior de idade e que apresente declaração de autorização dos pais para a imunização. A declaração pode ser escrita a próprio punho.

Segunda dose

A segunda dose das vacinas segue disponível nos pontos de vacinação, observando que quem vai completar o ciclo com a Coronavac deve se dirigir exclusivamente ao Shopping Pátio e quem vai tomar segunda dose da Astrazeneca ou Pfizer pode ir a qualquer um dos pontos.

Para a segunda dose, basta apresentar o documento de identificação com foto e o cartão de vacinação. Quem perdeu o cartão pode solicitar a segunda via no posto onde tomou a primeira dose. Pessoas com deficiência visual, que ao tomar a primeira dose tenham recebido o cartão convencional, podem solicitar a substituição pelo cartão em braile no ponto onde forem tomar a segunda dose.

Comorbidades

Para ser imunizada, a pessoa com comorbidade precisa apresentar documento com foto e CPF, além de um dos documentos a seguir com cópia que fica retida no local de vacinação: prescrição médica para a vacina contendo a condição que justifique a imunização; exames específicos que estabeleçam o diagnóstico; relatório médico; ou cadastros específicos no Sistema Único de Saúde (SUS).

Confira a lista de comorbidades

Estão inseridas nesta etapa as pessoas com deficiência permanente física, mental, intelectual ou sensorial, incluindo portadores de doenças raras e que causam deficiências intelectuais e/ou motoras e cognitivas.

Para se vacinar é necessário apresentar documento com foto e CPF, original e cópia de Comprovante de Residência e algum documento que comprove a condição, como o laudo médico que indique a deficiência; cartões de gratuidade no transporte público; documento que indique se tratar de pessoa com deficiência; comprovante de recebimento do Benefício de Prestação Continuada (BPC); documento comprobatório de vinculação a Centros de Reabilitação e/ou Unidades Especializadas no atendimento às pessoas com deficiência.

Nos casos de deficiência física aparente ou visível que causem limitações, não será obrigatório a apresentação do documento comprobatório. Para a vacinação de adolescente o único imunizante autorizado, até o momento, é a vacina da Pfizer.