15 de agosto de 2022Informação, independência e credibilidade
Maceió

Maceió: Retorno das aulas na rede municipal é adiado e escolas atuam como abrigo

Semed abriu as portas de 11 unidades educacionais da rede municipal de ensino para abrigar as famílias afetadas

Por conta das fortes chuvas, retorno das aulas na rede municipal é adiado
Secretaria Municipal de Educação anuncia o adiamento do retorno das aulas pós recesso por conta das fortes chuvas
Devido às fortes chuvas que assolam a capital, a Secretaria Municipal de Educação irá adiar o retorno do recesso dos alunos para a próxima segunda-feira (11). A volta às aulas aconteceria nesta terça (05). Além disso, algumas escolas da rede municipal estão servindo de abrigo para dezenas de famílias que estão desalojadas.A secretária adjunta Emília Caldas explica o porquê da decisão. “É necessário realizar esse adiamento do retorno das aulas pós recesso por uma questão de segurança para os profissionais das escolas e dos alunos que vivem em áreas de risco, além de que nesse momento a prioridade é atender a comunidade até que sejam encaminhados para abrigos definitivos”, pontuou.

A diretora de gestão educacional, Tânia Almeida explica que se for necessário, as aulas serão repostas para não prejudicar o calendário escolar.

 “Para o calendário educacional não ficar fora dos padrões, as aulas retornarão na próxima segunda-feira e se necessário as aulas suspensas serão repostas” explicou a diretora de gestão educacional, Tânia Almeida.
Abrigo
Escolas da rede municipal de ensino abrigam famílias atingidas pelas chuvas
Donativos que são entregues às famílias afetadas pelas chuvas. Foto: Pedro Farias

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) abriu as portas de 11 unidades educacionais da rede municipal de ensino para abrigar as famílias afetadas com as fortes chuvas que assolam Maceió.

O retorno das aulas previsto para acontecer nesta terça-feira (5) foi adiado para a próxima segunda-feira (11) em todas as unidades de ensino da rede municipal.

A Escola Nosso Lar I, na Ponta Grossa, é uma das unidades que está servindo de apoio para a população da região que está desabrigada. Na escola, que dispõe de uma estrutura com pátio e quadra poliesportiva cobertos, refeitório e salas, as pessoas estão realizando suas refeições diárias e recebendo donativos como colchões, cobertores, kits de limpeza e kits de higiene pessoal.

Ao menos 600 pessoas já foram recebidas na unidade educacional.

Desabrigados realizam suas refeições na Escola Municipal Rui Palmeira, no Vergel do Lago. Fotos: Pedro Farias

Além da Escola Municipal Nosso Lar I, os desabrigados podem procurar uma dessas escolas abaixo:

  • Escola Municipal Lindolfo Collor – Ponta Grossa;
  • Escola Municipal Antídio Vieira – Trapiche da Barra
  •  Escola Municipal Rui Palmeira – Vergel do Lago
  • Escola Municipal Suzel Dantas –  Tabuleiro dos Martins,
  • Escola Municipal João Feitosa -Rio Novo
  • Escola Municipal Claudinete Batista – Trapiche da Barra
  • Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Francisco Mello – Vergel do Lago
  • Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Mestra Virgínia – Rio Novo
  • Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Agenor Fernandes – Fernão Velho
  • Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Mestre Mário Izaldino – Pontal da Barra