20 de outubro de 2021Informação, independência e credibilidade
Blog

Mais impostos no cartão de crédito da classe média vão pagar Bolsa Família

Logo a classe média que antes xingava o bolsa por preconceito e por não gostar de pobre

A bolsa Louis Vuitton, bem ao gosto da classe média, agora tem mais imposto para bancar o bolsa família e a eleição de Jair.

O Bolsa Família, antes execrado por Jair Bolsonaro e bolsonaristas da classe média, agora vira a galinha dos ovos de ouro do governo para tentar a reeleição.

Desde o preconceito contra os pobres que recebiam a renda mínima do programa, até os xingamentos por receberem dinheiro dos cofres públicos, tudo era matéria de reação do próprio Bolsonaro e da classe média contrários a ajuda social.

Agora, no entanto, Bolsonaro resolveu aumentar impostos para garantir mais recursos para o Bolsa Família. Sem ele o resultado eleitoral, pensa o governo, pode ser desastroso.

Que fez então Jair Bolsonaro?

Tratou de aumentar o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). O resultado é que isso vai afetar diretamente as despesas da classe média com cartões de crédito, operações de câmbio e o custo das passagens aéreas para quem vai viajar pelo mundo afora.

Ou seja, a classe média é quem vai pagar o pato para sustentar seu Jair e sua prole.

Só para ficar mais claro: A alta do imposto vai afetar o custo das passagens e dos pacotes, que, geralmente, são financiados por bancos e pelas próprias agências de viagens. Operações de câmbio e o pagamento de despesas com cartão de crédito vão ser impactadas de imediato.

Mas, considerando que a classe média brasileira hoje vive muito bem, obrigado, isso não será um problema.

Muito menos para comprar no cartão aquela bolsa Louis Vuitton…

Sabe o que eu acho, hein?