15 de agosto de 2022Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Maratona de Cirurgias: Alagoas deve realizar 8 mil cirurgias e mais de 30 mil exames

Governador Paulo Dantas visitou Hospital Metropolitano nesta segunda-feira, na abertura da ação na capital

Pacientes que já tenham data marcada para alguma cirurgia também poderão antecipar o procedimento dentro da maratona. Foto: Marco Antônio / Agência Alagoas

 

O Governo de Alagoas tem a expectativa de realizar cerca de 8 mil cirurgias eletivas e mais de 30 mil exames durante os procedimentos cirúrgicos da Maratona de Cirurgias, organizada pelo Governo do Estado. O intuito é diminuir as demandas e procedimentos cirúrgicos reprimidos desde o início da pandemia da Covid-19, há dois anos.

A informação foi do governador Paulo Dantas, que nesta segunda-feira (27) visitou o Hospital Metropolitano, no bairro Cidade Universitária, na abertura da Maratona de Cirurgias em Maceió.

A Maratona de Cirurgias teve início semana passada, no Alto Sertão, com a triagem para a realização das cirurgias com mutirão de avaliação dos pacientes.

“Aqui, em Maceió, nossa expectativa é de que sejam atendidas mais de 2 mil pessoas na abertura dessa Maratona de Cirurgias no Hospital Metropolitano. Quero parabenizar toda a equipe de profissionais da Secretaria de Estado da Saúde pelo empenho em acelerar esses procedimentos e prestar mais este serviço essencial a nossa população, assim como foi feito na época mais grave da pandemia”, destacou o governador, que durante a visita conversou com vários pacientes que nesta segunda-feira foram até o Hospital Metropolitano para agendar seus exames e cirurgias.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Gustavo Pontes de Miranda, a Maratona de Cirurgias vai assegurar que os alagoanos tenham acesso a procedimentos cirúrgicos que eram aguardados desde 2020. “Com a pandemia da Covid-19 foi necessário desmarcar as cirurgias eletivas, uma vez que toda a estrutura hospitalar havia sido destinada ao atendimento de pacientes acometidos pelo novo coronavírus.

Com esta ação aqui em Maceió e no Alto Sertão deveremos ultrapassar mais de oito mil cirurgias eletivas e mais de 30 mil exames”, confirmou o secretário, que acompanhou o governador Paulo Dantas na visita ao Hospital Metropolitano, ao lado da secretária do Gabinete Civil, Luiza Barreiros.

De acordo com Miranda, somente no Alto Sertão a expectativa era atender cerca de 4 mil pessoas durante a Maratona de Cirurgias.

Pacientes aprovam mutirão da saúde

Uma das primeiras pessoas a chegar até as dependências do Hospital Metropolitano nesta segunda-feira foi a dona de casa Aurelina Soares, 80 anos. Portadora de diabetes e hipertensa, Aurelina aguarda ansiosamente por uma cirurgia de catarata desde antes do início da pandemia.

“Cheguei a fazer todos os exames antes da pandemia, mas, por causa dessa doença que atingiu e matou tanta gente, infelizmente não consegui fazer a minha cirurgia na época. Mas, graças a Deus, agora vou conseguir fazer minha cirurgia”, disse Aurelina, que aguardava pacientemente a triagem no Metropolitano.

Quem também estava feliz por finalmente conseguir fazer exames e, consequentemente, marcar a cirurgia dela e do filho foi a também dona de casa Roseane Virgínia. O filho Anderson Cauã, de 10 anos, se submeteu nesta segunda-feira ao exame de Postectomia (fimose).

“Faz mais de um ano que a gente tentava marcar esses exames, mas não conseguimos por causa da pandemia. Mas agora estou feliz, porque meu filho finalmente já fez o exame hoje e vai marcar a cirurgia”, disse Roseane, que conseguiu fazer um exame para detectar o grau de uma hérnia que a acompanha já há cinco meses.

A Maratona de Cirurgias no Hospital Metropolitano ocorre nesta segunda e terça-feira, e devem ser contemplados pacientes que precisam de colecistectomia, hernioplastia, histerectomia, perineoplastia, postectomia, cirurgias ortopédicas, catarata (acima de 60 anos) e pterígio.

Os pacientes que já tenham data marcada para alguma dessas cirurgias também poderão antecipar o procedimento dentro da maratona. Na triagem deverão apresentar RG, CPF, Cartão SUS, cartão de vacina e comprovante de residência.