29 de julho de 2021Informação, independência e credibilidade
Política

Ministro Barroso pede provas a Bolsonaro de fraude eleitoral e ele diz que tem ‘convicção’

CPI vai pedir também a apreensão do passaporte do empresário que está nos EUA

Bolsonaro diz a Barroso que tem convicção da fraude eleitoral

O presidente Jair Bolsonaro voltou a atacar o ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)durante live realizada nesta quinta-feira (17), horas após o magistrado cobrar que o presidente apresentasse provas sobre a suposta fraude que ele alega ter ocorrido nas eleições de 2018.

“Nunca houve fraude documentada. Jamais. Apenas o pedido de auditoria solicitado pelo então candidato Aécio Neves e que não se apurou impropriedade porque não há. Se o presidente da República ou qualquer pessoa tiver provas [de fraude] tem o dever cívico de entregá-la ao Tribunal e estou com as portas abertas”, disse Barroso à CNN Brasil nesta quinta.

O resto é retórica política, são palavras que o vento leva”, completou o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

Horas depois, Bolsonaro contra-atacou. “Eu tenho a convicção de que realmente tem fraude. As informações que nós tivemos aqui é que em 2014 o Aécio [Neves] ganhou as eleições, em 2018 eu ganhei no primeiro turno”, declarou, sem apresentar provas.