29 de novembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Maceió

Moto avança contra manisfestantes e atropela jornalista

Multidão tomou ruas, de forma pacífica, em protesto contra a reforma da Previdência

Da concentração, na Praça Centenário, milhares seguiram rumo até o Centro da Capital alagoana. Fotos: Fátima Almeida

Como esperado em Maceió, um grande número de manifestantes tomou as ruas de Maceió, acrescentando o número de adeptos da Greve Geral em todo o Brasil. Da concentração, na Praça Centenário, milhares seguiram rumo até o Centro da Capital alagoana.

Foram cerca de 20 mil pessoas segundo a organização do ato que interditara, trânsito na Avenida Fernandes Lima, sem tumulto, com cartazes e palavras de ordem, após os primeiros bloqueios, realizados nesta manhã.

A caminhada começou às 15h50 e terminou por volta de 17h45, contando com a participação de estudantes, professores, rodoviários, bancários, trabalhadores de diversas áreas e integrantes de movimentos sindicais.

Manifestantes realizaram protestos de forma pacífica

A Polícia Militar preferiu não divulgar sua estimativa, mas enfatizou o fato de os manifestantes, ao contrário do que aconteceu em outros estados, não provocarem transtornos de forma violenta. Não se pode dizer o mesmo de motoqueiros em particular.

Atropelamento

Acompanhando de perto o ato pacífico, a jornalista do É Assim, Fátima Almeida foi atropelada por um motoqueiro. Ele fazia parte de um grupo que, não de forma acidental, mas deliberadamente, jogou seus veículos para cima dos manifestantes. Foram três os que avançaram contra o grupo.

“O atropelamento não foi acidente. Foi proposital. Os motoqueiros jogaram as motos pra cima dos manifestantes e uma das motos me atingiu”. Fátima Almeida, jornalista do É Assim.

O atropelamento aconteceu no cruzamento da Embratel. Apesar de escoriações e partes do corpo doloridas, Fátima está bem e Policiais Militares que acompanhavam o ato a orientaram a registrar um Boletim de Ocorrência. No final da noite, ela aguardava atendimento no Hospital Unimed.

One Comment

  • Avatar Michelline Costa

    Absurdo !!! Fátima Almeida ! Estou indignada pelo ocorrido ! A Greve é um direito legítimo do trabalhador e trabalhadora.

Comments are closed.