26 de setembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Policia

Motorista que matou dois na Durval de Góes e teve o carro incendiado se apresenta à polícia

Apesar de liberado após o depoimento, o inquérito da Polícia Civil ainda não foi concluído

O motorista que matou dois motociclistas no sábado (14), na Avenida Durval de Góes Monteiro, se apresentou à polícia. Em depoimento prestado nesta quinta (19), ele disse deixou o local do acidente depois que seu carro, de modelo Jetta, foi incendiado por populares.

Ele afirmou ainda que não participava de racha e que não esta embriagado. Disse ainda que não estava acima da velocidade permitida e que chegou a voltar para prestar assistência – quando foi recebido com ameaças e agressões de populares.

Apesar de liberado após o depoimento, o inquérito da Polícia Civil ainda não foi concluído, mas já se trabalha para encerrá-lo em breve. Com o depoimento do suspeito, a polícia avança na investigação, que já contava com diligências com testemunhas e com a inclusão de imagens de câmera de segurança, que mostraram as vítimas momentos antes da batida.

Mortos

O piloto e o passageiro da moto, José Ailton da Silva, de 44 anos, e Rafael Aparecido Pereira, 36 anos, não resistiram aos ferimentos. As testemunhas do acidente, revoltadas, atearam fogo no Jetta. Apesar da chegada do Corpo de Bombeiros, o automóvel ficou totalmente destruído.