19 de setembro de 2020Informação, independência e credibilidade
Policia

Mulher mata amiga grávida com tijoladas e retira o bebê com canivete

Ele sofreu um aborto em janeiro, não contou aos familiares e teve a ideia de apresentar a criança como sua

Flavia Godinho Mafra foi brutalmente assassinada e teve seu bebê roubado da barriga. Foto: Facebook

O corpo de uma grávida foi encontrado em uma cerâmica abandonada, no município de Canelinha (SC) e a Polícia Civil elucidou o crime: uma mulher presa, nesta sexta-feira (28), confessou ter matado a vítima com golpes de tijolo na cabeça e usado um estilete para retirar o bebê do útero da vítima.

Segundo o delegado do caso, Paulo Alexandre Freyesleben, o crime contra Flávia Godinho Mafra, de 24 anos, que estava desaparecida desde a tarde de quinta-feira (27), havia sido planejado há dois meses.

A assassina confessa, de 26 anos, enganou a vítima afirmando que iriam para um chá de bebê. E em um local isolado, no bairro Galera, a golpeou com um tijolo na cabeça. Outros golpes foram desferidos na vítima, que já estava no chão, até ela morrer.

Depois, usando um estilete, ela cortou a barriga de Flávia, que estava grávida com 36 semanas, até retirar o bebê do útero, sua meta no crime.

34 semanas de gestação são pouco menos de 8 meses

A assassina confessa sofreu um aborto em janeiro deste ano e não havia informado à sua família. Foi quando ela teve a ideia de roubar o bebê da amiga grávida e tomar a criança para si.

Após o crime, a autora enviou mensagens para uma profissional de saúde informando que havia ganhado bebê na rua. Foi até o hospital e seguiu com a mentira. Mas, como a criança estava com cortes nas costas, houve desconfiança da equipe do hospital. Os médicos também notaram que ela não apresentava qualquer indício de que teve um parto recente.

Em conversa com a polícia, que fora acionada, ela então confessou o crime. De acordo com o delegado Freyesleben, a mulher demonstrou muita frieza. Nenhum arrependimento ou emoção. Ela só queria ter um filho.

“Em anos de trabalho, nunca vi nada igual. Ela é extremamente fria. Nem se importou com a saúde da criança, nem pediu. Contou em detalhes o crime. Não teve sentimento, falou normalmente”. Delegado do caso.

O bebê, apesar de seu nascimento brutal, não corre riscos de morrer. Mas com vários cortes no corpo, a criança encontra-se no hospital infantil e vai ficar sob os cuidados do Conselho Tutelar.

Cada vez mais o mundo se aproxima de uma realidade distópica, daqueles que pareciam pertencentes ao mundo de ficção.

A criança de 10 anos estuprada pelo tio, que foi grávida e teve seu aborto dificultado por grupos religiosos, a deputada crente Flordelis, tido como referência em adoção no país, é acusa de ter relações sexuais com alguns dos filhos e um deles, seu marido, fora assassinado de forma brutal e, durante uma pandemia, o governo de Pernambuco planeja fortalecer as UTIs pediátricas para volta às aulas.

Que mundo cão é esse que estamos vivendo?

One Comment

  • Avatar Kris

    “Nos ultimos dias havera tempos críticos, fldificies de suportar. Pois os homens só amarao a si mesmos, Amarao ao dinheiro, serão presunçoso, arrogantes, blasfemeadores, desobedientes, ingratos, desleais…sem auto domínio…”Timoteo 3: 1-4

    “Manterão uma aparência de devoção a Deus, mas rejeitarao o poder dessa devoção. Desses, afasta -se.” 2 Timóteo 3:5

    Está escrito na palavra de Deus! Quem crê não tem dúvidas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.