20 de outubro de 2021Informação, independência e credibilidade
Expresso

Música gospel: lei aprovada na Câmara visa capacitar músicos e produtores

Proposta nasceu da parceria do vereador Oliveira Lima e o Instituto Amigo Leal

Lei aprovada na Câmara visa apoiar os artistas da música gospel em Maceió

Um Projeto de Lei (PL) aprovado na última quinta-feira (30), na Câmara Municipal, garante a implementação de diretrizes e fomento da difusão de música Gospel em Maceió.

A proposta foi sugerida pelo vereador Oliveira Lima (Republicanos10) e o Instituto Amigo Leal. A parceria tem como objetivo promover a capacitação de músicos por meio de cursos, oficinas e seminários – além de outras ações educativas que auxiliem na produção cultural deste segmento.

De acordo com o presidente do instituto Gesiel de Oliveira, a falta de apoio e incentivo a esses profissionais são problemas enfrentados cotidianamente. “A falta de oportunidade e reconhecimento da sociedade e do Poder Público tem causado inúmeras frustrações para estes artistas que já passam, naturalmente, por crises na vida econômica”, ressalta.

Pensando nisso, o Amigo Leal vem desenvolvendo uma série de projetos visando atender e aproximar esses artistas.
Um deles é o Prêmio da Música Gospel. Trata-se de uma iniciativa que a cada ano, vem revelando novos nomes para o cenário estadual. Durante todos esses anos, o evento já lançou e contribuiu com a trajetória de 70 bandas oficializadas, além de 80 cantores, 200 músicos, 30 coros e aproximadamente 30 produtores musicais.

Transformação – Iniciativas como essas são transformadoras na vida de vários músicos amadores. Foi assim com a cantora Sarah Farias. Filha de pais evangélicos da Igreja Assembleia de Deus – desde 2005 – tem uma história familiar de servidão à comunidade Evangélica Sara Nossa Terra, situada em Maceió.

Ela conta que desde a sua infância tem contato com a música. “Desde muito nova venho tendo contato com a música. Antigamente, tínhamos um grupo infantil, ‘Brilhando no Viver’, inclusive chegamos a lançar três CD’s com essa turma”, relembra a cantora. A falta de incentivo foi um obstáculo e tanto para o grupo: “tanto que me mudei para São Paulo, na tentativa de seguir meu sonho”, aponta Farias.

Hoje, Sarah Farias está entre os cinco nomes indicados para a 22ª edição do prêmio Grammy Latino de Música Gospel 2021. Assim como Sarah, Maceió tem vários artistas talentosos e dedicados. O Projeto de Lei pode auxiliar para que outros nomes tenham o destaque merecido.