9 de dezembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Maceió

Não comparecimento em consultas e exames chega a 40% em Maceió

Falta sem comunicação prévia gera desperdício e demora no atendimento de outros pacientes

Bloco L do Pam Salgadinho apresenta altos índices de absenteísmo. Foto: Ascom/SMS

Absenteísmo é a relação direta entre a marcação de consultas e exames e o não comparecimento do usuário no dia e hora marcados para realização do procedimento.

De acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), somente em maio deste ano, Maceió registrou 2.113 absenteísmos, de um total de 5.371 exames e consultas marcados.

O procedimento de eletrocardiograma liderou o absenteísmo, com 180 ausências. Em seguida, está a radiografia do tórax, que teve 90, e a mamografia bilateral para rastreamento, com 55 casos de não comparecimento ao exame. Outro dado alarmante foi a ausência de 52% dos maceioenses para o atendimento especializado de coloproctologista.

Exame de eletrocardiograma é realizado no Pam Salgadinho e é um dos campeões de absenteísmo. Foto: Cristiano Gabbiati/Ascom SMS

A análise dos números foi possível após determinação do prefeito JHC para que o Sistema Regulador de Gestão (SRG) fosse implantado em todas as Unidades de Saúde da capital. Até maio, o SRG funcionava somente no 2º Centro de Saúde, na Praça da Maravilha, e no Pam Salgadinho, ambos no Poço.

Sandra Torres, coordenadora de Atenção Especializada da Secretaria Municipal de Saúde, explica quais os danos que o absenteísmo pode acarretar.

“O maior dano é o desperdício de oportunidade, pois outro cidadão poderia ser atendido no lugar daquele que faltou. Então, quando se falta ao exame ou consulta, outro cidadão é privado de ter acesso a aquele serviço de forma mais célere”. Sandra Torres.

A coordenadora de Atenção Especializada de Maceió explica que caso o paciente não possa comparecer a consulta ou exame, ele deve comunicar de forma prévia.

“Quem não puder comparecer, deve comunicar ao setor onde foi marcado o procedimento sobre a ausência com pelo menos 48 horas de antecedência. Quanto mais cedo formos avisados, melhor será para remanejar essa vaga para quem está esperando na fila”. Sandra Torres.

De acordo com Anderson Vital, coordenador do Bloco L do PAM Salgadinho, os pacientes que faltaram a consultas e exames devem voltar para a Unidade de Saúde onde marcaram os procedimentos e remarcá-los. “Lembrando que pacientes que faltaram sem comunicação prévia só poderão remarcar os procedimentos após 30 dias”.

A Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza um WhatsApp do setor de regulação do Município para facilitar a comunicação. O número é o (82) 99321-7974.