27 de novembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Blog

Não confiem em políticos que “não são políticos”; eles são os piores políticos

O que o Movimento Brasil Livre (MBL) e a Lava Jato têm em comum? Ambos são movimentos políticos que se apresentavam como não políticos.

O MBL elegeu os seus parlamentares, como o ridículo do Fernando Holiday, Kim Kataguiri e Mamão Falei, três pecinhas que atacam, diariamente, direitos e conquistas da maioria dos brasileiros. Já a Lava Jato deve vir aí com Moro e Dallagnol.

A economia brasileira tem um dos piores desempenhos do mundo nessa pandemia? Agradeça ao lava-jatismo, que destruiu a indústria nacional sob o manto do combate à corrupção.

Aliás, Moro se filiou ao Podemos, partido que tem dez dos seus dezenove parlamentares enrolados com a Justiça, segundo levantamento feito por uma revista semanal.

O discurso anticorrupção é mais uma mentira que comprova ser o ex-juiz federal uma farsa, assim como o ex-patrão dele, Bolsonaro, um político com quase 30 anos de carreira, que infiltrou a família quase toda na política, mas, que se elegeu dizendo que não era político.

E o povo acreditou.

Que em 2022, os eleitores não se deixem levar pela onda do conservadorismo, não se iluda com subcelebridades e eleja políticos sérios e com projetos. Ah, e que não se esqueça de dar um pé na bunda dos políticos que dizem não ser políticos.

Estes são os piores.