20 de janeiro de 2022Informação, independência e credibilidade
Brasil

Nem o Carnaval de Salvador se salva da Covid-19 e prefeito fala em adiamento

Possibilidade é transferir as festas para o final de maio ou começo de junho

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), afirmou hoje que o Carnaval 2021 da capital baiana pode não acontecer em fevereiro se não houver uma vacina contra o novo coronavírus ou condições de segurança até novembro deste ano. A declaração foi dada durante entrevista coletiva na manhã de hoje.

“Em julho de 2020 é impossível nós dizermos se teremos segurança para a realização do Carnaval em fevereiro ou não. O nosso deadline é o mês de novembro. Só ocorrerá se puder acontecer em ambiente de total e completa segurança”. ACM Neto, prefeito de Salvador.

Hoje a prefeitura não tem elementos de segurança para decidir sobre a realização do Carnaval do ano que vem. Uma possibilidade levantada pelo prefeito, caso o Carnaval não seja realizado em fevereiro, é transferir as festas para o final de maio ou começo de junho do ano que vem.