27 de novembro de 2021Informação, independência e credibilidade

Brasil

Ratos em plenário são as únicas novidade da CPI da Petrobrás até agora

Brasil
Brasil - A não ser os ratos que  um servidor da Câmara soltou durante uma sessão da CPI da Petrobrás, até agora, segundo os deputados nenhum  fato novo surgiu na comissão. Essa história está deixando a todos intrigados, além de revoltados, uma vez que não tiveram acesso aos depoimentos sigilosos dos delatores ao Ministério Público e ao Juiz federal Sérgio Moro. Da maneira como os trabalhos vão acontecendo, a CPI será mais uma a não apontar para lugar algum no processo de corrupção da estatal. Ficará então o Poder Judiciário com a missão de apontar os caminhos - punindo os responsáveis pelo escândalo ou não - de acordo com as provas materiais do caso que se tornou no maior evento de mídia do País, em função dos bilhões de dólares desviados da companhia. O que se sabe até agora é que a

Pesquisa diz que maioria quer o impeachment de Dilma Rousseff

Brasil
Brasil - Hoje, domingo (12), setores da oposição mobilizam vários segmentos sociais contra o governo Dilma Rousseff e defendendo o impeachment da presidente. Mas, há dois dias o Instituo Data Folha fez uma pesquisa de opinião e fez a pergunta sobre quem é contra  ou a favor do impeachment. Para os governistas o instituto fez uma sondagem "acerca da ilegalidade". Para os organizadores dos movimentos contra o governo do PT, trata-se de um questionamento legítimo. A pesquisa que foi concluída na sexta-feira 10 e divulgada na tarde deste sábado 11 aponta que 63% dos brasileiros apoiam que seja aberto um processo de impeachment contra a presidente Dilma Rouseff. De acordo com a pesquisa, no entanto, 37% dos entrevistados não sabem que quem assumiria a presidência da República no caso de D

Lava Jato emite mais 7 mandados de prisão contra políticos do sul e do NE

Brasil
Brasil – O ex-deputado federal André Vargas, que foi cassado no ano passado, foi preso nesta manhã, em Londrina, na 11ª fase da operação da Lava Jato, conduzida pelo juiz Sergio Moro. A noticia foi veiculada pelo Portal 247, de Brasília. Ao todo, estão sendo cumpridos sete mandados de prisão, 16 de busca e apreensão e nove de condução coercitiva, quando a pessoa é levada para prestar depoimento. Os seis estados envolvidos nesta fase são Paraná, Bahia, Ceará, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo. A ação foi batizada de 'Origem'. Os crimes investigados, segundo a Polícia Federal, são: organização criminosa, quadrilha ou bando, corrupção ativa, corrupção passiva, fraude em procedimento licitatório, lavagem de dinheiro, uso de documento falso e tráfico de influência. Vargas foi c

Tesoureiro do PT nega propina e diz que doações ao partido foram legais

Brasil
Em depoimento, hoje (9), na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, negou que tenha intermediado doações ilegais em contratos de fornecedores da Petrobras para financiar campanhas do PT. Vaccari reafirmou que todas as doações que o partido recebe são legais, feitas por transações bancárias e com prestação de contas ao Superior Tribunal Eleitoral (TSE). “Durante o período que estou na tesouraria sempre que fiz visitas a empresa ou pessoa física que fizeram doações, elas foram feitas de forma voluntária, sem nenhum outro compromisso. Essa tem sido nossa forma de fazer a arrecadação do PT. Prestamos conta dessa arrecadação ao TSE e nunca tivemos problemas com a Receita”, disse aos parlamentares. Antes dos deputados iniciarem as pergun
Mega-Sena acumula e poderá pagar R$ 46 milhões neste sábado

Mega-Sena acumula e poderá pagar R$ 46 milhões neste sábado

Brasil
Nenhuma aposta acertou as seis dezenas sorteadas no Concurso 1.693 da Mega-Sena, realizado na noite desta quarta-feira (8), na Grande São Paulo. Assim, o prêmio acumulou e a loteria poderá pagar estimados R$ 46 milhões no próximo sábado (11). Apesar de ninguém ter acertado os seis números do dia (05, 15, 18, 19, 21 e 38), milhares de apostas levaram prêmios secundários com quatro ou cinco dezenas. Na Quadra, 13.997 apostas conquistaram exatos R$ 406,64, enquanto na Quina, 178 levaram R$ 22.383,35. O próximo sorteio da Mega-Sena ocorrerá no sábado – e as apostas podem ser feitas em qualquer uma das mais de 12 mil casas lotéricas do Brasil até às 19h da data.

Indicação de Temer para articulação do governo desagrada setores do PMDB

Brasil
Ao indicar o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), para coordenador político do governo, a presidente Dilma Rousseff (PT) deu sinais de que já pode "respirar" sem a ajuda dos aparelhos que a pressionam no exercício do cargo. Temer, enquanto liderança respeitada é considerado habilidoso, com livre trânsito dentro do Congresso e tende anular as investidas do presidente do Senado, Renan Calheiros, e da Câmara, Eduardo Cunha, ambos peemedebistas, que vivem de mau humor em relação ao governo e de paquera com a oposição. Lideranças no congresso acreditam que desta vez a presidente petista fez um gol. Não é de placa, mas um gol para começar a tranquilizar o time e impor respeito aos adversários. Sabe-se que Temer poderia ter recusado com a desculpa das funções institucionais da vi

Renan e Cunha querem quebrar sigilo telefônico de Ministro da Justiça

Brasil
A rebelião dos aliados peemedebistas contra o governo Dilma Rousseff já faz mais estragos no Planalto do que o trabalho das oposições. O PMDB, por exemplo, segundo o portal Brasil247, está negociando com PSDB e DEM a quebra do sigilo telefônico do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. O objetivo é que o pedido seja feito no âmbito da CPI da Petrobras, que investiga denúncias de corrupção na estatal. O curioso é que o PMDB é considerado o maior aliado do governo e detém atualmente sete ministérios, além da vice-presidência da República. A posição das lideranças peemedebistas já faz tremer a área da esplanada dos Ministérios, em Brasília. A questão é o PMDB acusa Cardozo de ter influenciado o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a incluir em sua lista de políticos sus
FHC quer a oposição nos protestos contra o governo de Dilma

FHC quer a oposição nos protestos contra o governo de Dilma

Brasil
O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso sinaliza a nova política do PSDB e de seus aliados a partir de agora. A orientação dele é todo apoio do partido às manifestações das ruas contra o governo Dilma Rousseff (PT). Além de rejeitar o diálogo com o governo ele defende oposição sem trégua. É o que ele aponta no artigo "Oposição e reconstrução", publicado neste domingo. "As oposições devem começar a desenhar outro percursos na economia e na política. Como a crise, além de econômica e social, é de confiabilidade (o governo perdeu popularidade e credibilidade), começam a surgir vozes por um 'diálogo' entre oposições e governo", diz ele. "Problema: qual é o limite entre diálogo político e 'conchavo', ou seja, a busca de uma tábua de salvação para o governo e os que são acusados de corrupçã

Ministro do STF diz que Dilma não pode ser investigada na operação Lava Jato

Brasil
Em entrevista ao Jornal do Brasil, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello disse  que a Constituição do País prevê que um presidente da República não pode ser investigado por atos alheios a seu mandato enquanto cumpre sua gestão. E esclareceu: "De início, a Constituição veda a responsabilização", afirmou. O ministro declarou que  se já está tão difícil governar o país nas condições atuais, "imagine então se nós tivermos um inquérito aberto contra a presidente da República?" A manifestação de Marco Aurélio Mello se deu após parlamentares da oposição recorreram ao Supremo, para que a Corte abra uma investigação contra a presidente e apure um eventual envolvimento no esquema de corrupção da Petrobras investigado pela Operação Lava Jato. Logo o  ministro re
Seguro-desemprego terá que ser preenchido pela internet

Seguro-desemprego terá que ser preenchido pela internet

Brasil
A partir desta quarta-feira (1º), os empregadores só poderão preencher o requerimento do seguro-desemprego e de comunicação de dispensa de trabalhadores por meio da internet. A medida pretende tornar mais rápido o atendimento e dar maior segurança às informações sobre os empregados, segundo o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Antes, a documentação era preenchida pela empresa (em guias verde e marrom) e entregue pelo trabalhador na hora de requerer o benefício. Esses formulários impressos não serão mais aceitos. Com a resolução do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador, as empresas deverão preencher os requerimentos apenas por meio do aplicativo Empregado Web, disponível no Portal Mais Emprego, do ministério. O dispositivo online já era utilizado, mas passou a