20 de abril de 2021Informação, independência e credibilidade
Brasil

Nova política: Deputadas são “portadoras de vagina”, diz Eduardo Bolsonaro

O nível de respeito no parlamento brasileiro atualmente é, sem dúvidas, o pior de toda a sua história

Eduardo Bolsonaro expondo no parlamento “a sua nova política”

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL/SP) fez uma postagem no Twitter, nesta quinta-feira, 8, se referindo às parlamentares mulheres da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) como “pessoas portadoras de vagina”. Elas estavam em um debate com o deputado bolsonarista Eder Mauro (PSD/PA).

Eduardo, que fez a propaganda da “nova política” no Brasil,  publicou um trecho de uma sessão na CCJ em que Eder Mauro discute com a deputada Maria do Rosário (PT) .
No vídeo, Mauro se refere às parlamentares como “comunistas” e faz acusações sobre “implementar sexo para crianças de 5 e 6 anos nas escolas” e “ideologia de gênero”. Veja vídeo:

A deputada Joice Hasselmann (PSL/SP) usou seu perfil na rede social para compartilhar a postagem de Bolsonaro e classificou-a como “frase sexista”. Joice afirmou que irá entrar com representação disciplinar contra o parlamentar no Conselho de Ética da Câmara por quebra de decoro.

Em todo o tempo de parlamento do Brasil, esse, com toda certeza, é o do pior nível e o do maior desrespeito entre os parlamentares, principalmente por parte de determinados representantes que não respeitam mulheres, negros ou qualquer outro segmento que contrariem suas ideias, que trilham pelos caminhos do machismo, sexismo e da violação dos direitos humanos.