14 de julho de 2024Informação, independência e credibilidade
Mundo

Papa se reunirá com Lula, Biden, Zelensky e Macron no G7

Além de guerras, perigos perversos da inteligência artificial devem ser um dos temas

O papa Francisco se reunirá com os líderes do Brasil, dos Estados Unidos (EUA), da Ucrânia, França e Índia de forma paralela à cúpula do Grupo dos 7 (G7) em Borgo Egnazia, na Itália. A informação desta quinta-feira (13) foi dada pelo Vaticano.

Em janeiro o Papa já alertava contra os perigos “perversos” da inteligência artificial e deve participar amanhã das conversas dos líderes sobre a nova tecnologia. Ele é o primeiro papa a participar das discussões do G7.

Além da reunião bilateral com o presidente dos EUA, Joe Bide, ele também terá reuniões individuais com Volodymyr Zelenskiy, da Ucrânia, Emmanuel Macron, da França, Narendra Modi, da Índia, Luiz Inácio Lula da Silva, do Brasil, Justin Trudeau, do Canadá, Recep Tayyip Erdogan, da Turquia, William Ruto, do Quênia, Abdelmadjid Tebboune, da Argélia, e a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva.