26 de setembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Política

Parlamentares defendem sargento Ramalho após denúncias de “supersalários”

Davi Maia pediu CPI da Sesau por causa dos recebimentos de R$ 72 mil

Durante a sessão desta quarta-feira, 18, o líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Slivio Camelo (PV), juntamente com o deputado Ronaldo Medeiros (MDB) e as deputadas Ângela Garrote (PP), Fátima Canuto (PSC), Cibele Moura (PSDB) e Flávia Cavalcante (PRTB), defenderam a gestão da cúpula da Secretaria Estadual de Saúde.

Eles falaram em particular do secretário Alexandre Ayres e do médico, secretário Executivo de Saúde, e sargento do Corpo de Bombeiros de Alagoas, Marcos André Ramalho, que foi alvo de denúncias apresentadas na sessão plenária pelo deputado Davi Maia (DEM).

O deputado Silvio Camelo destacou que Alexandre Ayres e o Sargento Ramalho são grandes profissionais, e que nesta pandemia vêm trabalhando diuturnamente.

“O cargo de médico tem algumas especificações que outros cargos não possuem, tais como ficar de sobreaviso, cuidar da regulação, cobrir faltas de outros colegas de profissão e dobrar plantão”. Silvio Camelo.

O líder governista lembrou que Alagoas registrou 13 mil altas hospitalares durante a pandemia da Covid-19.

“Foram vários hospitais inaugurados por este Governo. Temos o Estado com o menor número de mortes por 100 mil habitantes, inauguração de várias UPAs e não registramos falta de oxigênio, remédios ou equipamentos hospitalares. O secretário Ayres e o sargento Ramalho estão pilotando essa máquina e, juntamente com os profissionais de Saúde, ajudando a salvar vidas”. Silvio Camelo.

A deputada Ângela Garrote disse que, sem entrar no mérito do valor pago aos servidores, é louvável o trabalho realizado pelo secretário Ayres e pelo sargento Ramalho.

“A bancada feminina da Assembleia Legislativa sempre foi bem atendida por toda equipe da Saúde neste tempo de pandemia. Investiguem as denúncias apresentadas aqui e o que tiver errado que a Justiça decida”. Ângela Garrote.

A deputada Fátima Canuto também se posicionou em defesa do sargento Ramalho. “Sabemos que muitos procedimentos ficaram precários nesta pandemia. O sargento Ramalho tem sido um abnegado, incansável na luta contra a Covid, inclusive presenciei, várias vezes, ele em hospital visitando leitos de pacientes”, disse.

A deputada Cibele Moura afirmou que, além do sargento Ramalho, outros médicos também estão ganhando altos salários em Alagoas e no país.

“Estamos em uma pandemia e sabemos que faltam médicos. Apesar de ainda existirem muitas falhas na gestão da Saúde, são inegáveis as melhorias alcançadas”. Cibele Moura.

A deputada Flávia Cavalcante lembrou que neste momento de pandemia foram poucos os médicos que quiseram ficar na linha de frente. “O sargento Ramalho vem fazendo um grande trabalho e salvou muitas vidas dentro do Hospital Metropolitano. Não quero com isso dizer que não se investiguem as denúncias”, concluiu a parlamentar.

Por fim, o deputado Ronaldo Medeiros ressaltou o trabalho realizado pela Pasta da Saúde durante a pandemia. “Sargento Ramalho é um grande profissional. Aqui não faltou oxigênio e nem remédios. Muitas vidas foram salvas, graças a construção de hospitais, UPAs e a dedicação dos profissionais da saúde. A Secretaria de Saúde vem fazendo um grande trabalho”, afirmou.