29 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Paulo Dantas recebe membros do Crea para discutir demandas das categorias

Melhoria nas condições salariais da categoria é um pleito antigo do Crea/AL

O líder da maioria no Parlamento alagoano, deputado Paulo Dantas (DEM), se reuniu com a presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Alagoas (Crea/AL), Rosa Tenório, e demais representantes da entidade, para discutir demandas da engenharia no Estado.

A reunião, ocorrida na tarde desta quinta-feira, 10, contou com a participação do deputado Inácio Loiola (PDT), que é presidente da Frente Parlamentar da Engenharia, na Casa.

Na pauta, entre outras questões, o piso salarial da classe, cujo projeto de lei deve ser encaminhado pelo Executivo à Assembleia Legislativa, nos próximos dias.

Para o deputado Paulo Dantas o pleito da categoria é justo e se colocou à disposição para atender de forma responsável, dentro do Orçamento do Estado, a demanda da classe.

“Alagoas tem avançado muito porque conta com pessoas qualificadas, pessoas como a Rosa Tenório e os outros integrantes do Crea que estão decididos a dar sua contribuição para que o Estado continue evoluindo”, disse Dantas. “E já nos colocamos à disposição, tanto eu como deputado Inácio Loiola, porque entendemos que é um pleito justo e é possível o Estado assumir essa despesa, que na verdade é uma despesa que gera desenvolvimento para Alagoas”. Paulo Dantas, parlamentar, que também preside a Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Casa.

O deputado Inácio Loiola, que é engenheiro agrônomo, lembrou que a melhoria nas condições salariais da categoria é um pleito antigo do Crea/AL.

“E de todos os profissionais da área, que ao longo de todos esses anos vêm sendo penalizados com salários que não atendem aos anseios e a responsabilidade desse profissional”. Inácio Loiola.

A presidente do Crea/AL, Rosa Tenório, disse que a reunião tem como objetivo, além de discutir as demandas da classe é estreitar relacionamentos com o Poder Legislativo e contribuir com ideias e propostas de desenvolvimento para Estado de Alagoas.

“A ideia é poder contribuir com essa pauta extremamente importante que é o desenvolvimento, buscando também a melhoria salarial dos nossos profissionais”, reforçou Rosa Tenório, destacando a iniciativa do Governo em promover um reajuste salarial para a chamada área tecnológica do Executivo, que engloba engenheiros, agrônomos e arquitetos.

“Vemos essa sinalização muito positiva, ainda não como gostaríamos, pois não chegamos ainda ao piso mínimo da categoria, mas é um avanço”. Rosa Tenório.