11 de agosto de 2022Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Paulo Dantas reúne setor atacadista durante almoço no Palácio

Governador destacou a importância do segmento para o crescimento econômico do estado

O governador Paulo Dantas almoçou com representantes do setor atacadista e distribuidor, no Palácio Floriano Peixoto, para fazer um balanço das ações que já foram realizadas e conhecer novas demandas do segmento – que gera cerca de 20 mil empregos diretos em Alagoas.

A concessão de incentivos fiscais e a simplificação da legislação foram o cerne das políticas públicas dessa gestão para o segmento, garantindo novos investimentos, competitividade e ampliação na participação do mercado no Nordeste.

Durante o encontro, Paulo destacou que a geração de postos de trabalho e o crescimento de Alagoas passam diretamente pelos atacadistas.

“Este é um segmento que gera empregos e arrecadação. Portanto, é importante que o setor atacadista e o governo do estado estejam conectados para que ambos se desenvolvam”, destacou Paulo, complementando que o setor conseguiu crescer mais de 100%, durante os últimos quatro anos.

Elogiado pelo grupo por contribuir com a desburocratização, o secretário da Fazenda (Sefaz), George Santoro, revelou que antes desta parceria com os atacadistas iniciada na gestão Renan Filho, identificou que muitas empresas não queriam investir em Alagoas porque teriam um custo muito maior caso viessem a se instalar no estado.

Ele enfatizou a importância da regularização tributária, para que o empresário não sinta o peso dos impostos.

A secretária de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo de Alagoas (Sedetur), Carol Balbino, destacou a importância do setor atacadista para o crescimento e desenvolvimento do Estado. “Essa união é importante para geração de emprego, renda e traz mais desenvolvimento para o estado”, disse.

Segundo o ex-governador Renan Filho, Alagoas tem o melhor ambiente para parcerias público-privadas. Renan Filho destacou que o mercado alagoano é um dos mais atrativos da região Nordeste. “Estamos em um outro patamar na região Nordeste. Hoje somos o estado que mais cresce na região Nordeste. Ao longo de 12 meses, geramos mais 29 mil postos de trabalho”, afirmou.

Segundo o senador Rafael Tenório, antes da gestão George Santoro à frente da Sefaz, no governo Renan Filho, o órgão era visto como um órgão punitivo e opressor do estado.

“A Sefaz era um setor que perseguia e não havia esse diálogo com o setor produtivo. Para se ter ideia, hoje eu pago feliz meus impostos. E vale ressaltar que estou neste ramo do setor produtivo há 40 anos e somente em 2015 esse canal de comunicação entre o governo e o estado foi aberto. Para que isso continue, precisamos manter a parceria com a gestão Paulo Dantas”.

A reunião também contou com a participação do vereador de Maceió, Chico Filho, e do ex-secretário de Desenvolvimento Econômico, Rafael Brito.