26 de setembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Policia

PF cumpre mandados em endereços de Sérgio Reis e de deputado bolsonarista

Gabinete de Otoni de Paula também é alvo de buscas após autorização de Alexandre de Moraes

A Polícia Federal cumpre hoje (20) 28 mandados de busca e apreensão em endereços do cantor Sérgio Reis. A ação foi autorizada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal.

Os agentes da PF pretendem apurar “eventual cometimento do crime de incitar a população, através das redes sociais, a praticar atos violentos e ameaçadores contra a Democracia, o Estado de Direito e suas Instituições, bem como contra os membros dos Poderes”.

Leia mais: Sérgio Reis tem choque de realidade, se deprime e passa mal com repercussão de seu áudio golpista

Foi descoberto após vazamento de áudio que o cantor, após reunião com o presidente Jair Bolsonaro, propôs não só uma greve geral de caminhoneiros, como também invasão e quebra-quebra no Senado e no Supremo, caso os senadores não analisassem o pedido de impeachment dos ministros Alexandre de Moraes e Luis Roberto Barroso.

A repercussão foi a pior possível: Reis, que deve mais de 650 mil reais em impostos, foi recusado por líderes de caminhoneiros e com medo de ser preso, ficou deprimido e se isolou em sua fazenda. A mulher disse que o cantor bolsonarista está recebendo más influências.

Deputado bolsonarista

O deputado Otoni de Paula, bolsonarista do PSC-RJ, também é alvo na ação de hoje. No total, a PF cumpre 29 nas ações de hoje. Um dos mandados está sendo cumprido no gabinete do deputado na Câmara. Além dos dois alvos, a PF faz buscas em endereços em Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Ceará e Paraná.

Leia mais: Sem limite para mentiras, deputado elogia desfile militar de Bolsonaro com foto de tanques da China

Otoni virou notícia recentemente depois de postar (e deletar) imagens de tanques chineses para passarem como os do desfile de bolsonaro.

Otoni de Paula, mentindo e exagerando no Twitter