28 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Corrupção

Polícia Federal prende ex-ministro Milton Ribeiro por corrupção no governo

Operação da PF aponta esquema criminoso de um balcão de negócios no FNDE, com direito a propina em ouro

Ministro de Bolsonaro, Ribeiro foi denunciado por ter instalado com pastores um balcão de negócios no FNDE.

A Polícia Federal (PF) prendeu nesta quarta-feira, 22, o ex-ministro da Educação do governo Jair Bolsonaro, pastor Milton Ribeiro, acusado  de corrupção. Além dele foi preso também o pastor Gilmar Santos, ligado ao pastor Silas Malafaia.

Leia mais: Bolsonaro diz que ‘bota a cara no fogo’ por ministro que prioriza pastores

Os dois são acusados de terem instalado um balcão de negócios  dentro do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), no processo de liberação de recursos para prefeitos aliados do governo Bolsonaro.

O negócio era tão rentoso que os pastores envolvidos com o balcão chegaram a cobrar propina em barras de ouro aos prefeitos mais chegados do esquema criminoso.

A operação da PF que investiga o caso foi batizada de “Acesso Pago”. As investigações estão sendo realizadas com base em documentos de posse da Controladoria Geral da União (CGU).

A PF cumpre 13 mandados de busca e apreensão e efetuou 5 prisões no Distrito Federal, Goiás, São Paulo e no Pará. De acordo com a documentação da polícia, os pastores neopetencostais são peças fundamentais no esquema criminoso dentro do governo Bolsonaro.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.