29 de novembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Maceió

Jovem acusa policial civil de abuso de autoridade. Veja vídeos

O policial cometeu agressões físicas e verbais, além de quebrar uma caixa de som pertencente ao jovem

Um jovem foi vítima de abuso de autoridade policial, no domingo (3) da semana passada. Segundo relato de Filipe Avelino, que é advogado, um policial civil teria utilizado sua autoridade para apreender  e depredar sua caixa de som, que já estava desligada, além de agredir o rapaz física e verbalmente.

Filipe havia alugado seu equipamento de som para uma festa e já estava removendo seu material, na porta da casa de festas, em Jacarecica, quando foi abordado por agentes da Polícia Civil (PC) e da Militar (PM), informando que teriam que recolher o equipamento de som.

A agressão iniciou quando, ao argumentar com um dos militares que estavam no local para explicar que a caixa estava desligada há quase uma hora e que não haveria necessidade para levá-la, um policial civil o chamou de “vagabundo, safado”, “filho da puta”, entre outros xingamentos.

O policial civil deu voz de prisão a Filipe, que foi encaminhado ao Complexo de Delegacias Especializadas (Code), no bairro de Mangabeiras. Após os procedimentos necessários, o policial teria se descontrolado mais uma vez. “Encarando, me avançou e novamente me chamando de ‘filha da puta safado’ disse que ele estava em casa e que eu tomasse cuidado, novamente e com muita calma exigi respeito”, relatou Filipe.

O policial então foi até o veículo onde estava o equipamento de som e o jogou no chão, rodando-o pelo caminho até a delegacia. Quando pediu para que o homem tivesse mais cuidado, ele xingou o jovem mais uma vez, e jogou a caixa no chão, quebrando-a e dando um tapa no rosto de Filipe.

“Não podemos generalizar toda categoria, mas pessoas desta estirpe não merecem fazer parte de um órgão de extrema importância para sociedade, que é a polícia civil”, desabafou o jovem. Um Boletim de Ocorrência foi aberto e testemunhas relataram e confirmaram o acontecido. “As providências estão sendo tomadas junto ao CONSEG e a Justiça, não podemos deixar impune um desequilibrado transvestido de policial que não respeita o cidadão”, concluiu.

Confira os vídeos: