23 de novembro de 2020Informação, independência e credibilidade
Brasil

Pré-candidato é morto a tiros em Patrocínio (MG) após fazer denúncia em live

Principal suspeito é o secretário de obras Jorge Marra, irmão do prefeito

O pré-candidato à Prefeitura de Patrocínio (MG), Cássio Remis (PSDB), foi assassinado nesta quinta (24) depois de fazer uma live nas redes sociais e ser interrompido pelo secretário de obras, Jorge Marra (DEM).

Marra, que é irmão do atual prefeito, Deiró Marra (DEM), chegou em uma caminhonete e tomou seu celular, interrompendo a denúncia de uma obra da prefeitura.

Em outro vídeo é possível ver Remis resistindo, impedindo a saída de Marra com seu celular. Depois que o pré-candidato recuperou seu aparelho, o secretário é visto fazendo um disparo.

O secretário, irmão do prefeito, é o principal suspeito e está foragido. Remis foi morto com seis tiros, sendo cinco na cabeça. A Prefeitura decretou luto de três dias.

 “Nós lamentamos tudo que aconteceu, essa sequência de fatos, absolutamente, eu diria, injustificáveis, que culminaram com a morte do vereador Cássio Remis Não tenho notícias nem do paradeiro dele mas que ele possa fazer sua defesa, suas argumentações enfim esclarecer”. Deiró Marra, prefeito de Patrocínio.

Cássio Remis era advogado, tinha 37 anos e era pré-candidato a vereador pelo PSDB. Em 2008, foi eleito vereador pela primeira vez. Em 2013 foi o político mais jovem a assumir a presidência da Câmara de Vereadores de Patrocínio. Em 2016 foi candidato a prefeito, mas perdeu as eleições para o atual, Deiró Marra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.