27 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Prefeitura de Pilar retirar mais de 200 toneladas de baronesas da orla

Prefeitura ainda assiste 74 pessoas, entre desabrigados e desalojados

No Pilar, o trabalho para minimizar o impacto das fortes chuvas que caem em várias regiões do estado segue ininterrupto.

Nesta segunda-feira (30), equipes da Secretaria Municipal de Urbanismo chegaram à orla lagunar da cidade para mais uma grande ação de limpeza, retirando, até o início da tarde, mais de 200 toneladas de baronesas, planta aquática que se alimenta de resíduos presentes na Lagoa Manguaba.

Devido ao nível da lagoa, muitas plantas cobriram calçada e passeio público em vários trechos da orla, o que obrigou a Prefeitura a montar uma verdadeira força-tarefa.

Com o auxílio de trator e caçamba, as equipes iniciaram os trabalhos nas primeiras horas desta segunda, dando continuidade à Operação Chuva no Pilar: Ação, Proteção e Reconstrução.

De acordo com o secretário de Urbanismo, José Valter, o objetivo é limpar toda a área tomada pelas plantas que causam mal cheiro e podem, inclusive, causar a morte de peixes. “Aproveitamos que a chuva deu uma trégua e, hoje, conseguimos avançar com este serviço”, explica Valter.

Secretário municipal de Governo, Paulo Santos, por sua vez, conta que as ações de limpeza terão sequência, nesta terça-feira (31), com os agentes percorrendo as partes alta e baixa da cidade.

“Esta ação de amanhã também conta com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde, que vem desenvolvendo um importante trabalho de prevenção, acolhendo todas as famílias afetadas, direta e indiretamente, pelas chuvas,”, afirma o secretário, acrescentando que boa parte das baronesas retiradas da orla serão revertidas para a agricultura familiar, sendo utilizadas como matéria orgânica pelo pequeno produtor rural.

Atualmente, a Prefeitura do Pilar vem assistindo 74 pessoas, entre desabrigados e desalojados, que precisaram deixar suas casas em meio às chuvas.