7 de março de 2021Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Primeira cirurgia de reconstituição mamária é realizada no Hospital Regional da Mata

Procedimentos cirúrgicos ocorrem no Hospital Regional da Mata, em União dos Palmares

Maria Fernanda foi a primeira alagoana a ser contemplada pelo Programa Ame-se. Foto: Carla Cleto

Nesta segunda-feira (25), o Hospital Regional da Mata (HRM) recebeu a primeira cirurgia do Programa Ame-se, criado pelo Governo do Estado para resgatar a autoestima das mulheres mastectomizadas com a reconstrução de seios.

Iniciado em 2020, o programa teve suas consultas ambulatoriais e exames pré-operatórios realizados no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), onde as pacientes passaram por consultas com oncologistas, cirurgiões plásticos e endocrinologistas.

Maria Fernanda, de 32 anos, foi a primeira paciente do Ame-se a passar pela cirurgia e não disfarçou a sua ansiedade.

“Eu fiquei com o coração transbordando de alegria, chorando de felicidades, porque quem passou por essa doença [câncer] sabe como é triste perder uma de suas mamas. Mas, hoje eu estou feliz porque vou realizar o meu sonho”. Maria Fernanda.

Procedimentos cirúrgicos do Prece estão sendo realizados no Hospital Regional da Mata. Foto: Carla Cleto

Prece

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), iniciou, nesta segunda-feira (25), o Programa de Regionalização de Cirurgias Eletivas (Prece) no Hospital Regional da Mata (HRM), em União dos Palmares, para reduzir a fila de espera por cirurgias eletivas, provocada pelo cancelamento de procedimentos agendados antes da Pandemia da Covid-19.

Por meio do programa serão realizados procedimentos cirúrgicos eletivos no Hospital Regional da Mata, que ocorrerão, neste primeiro momento, até o fim da primeira semana de fevereiro. A ação irá beneficiar usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) dos 11 municípios que integram a III Região de Saúde.

Além de União dos Palmares, serão contemplados moradores de Murici, Branquinha, Santana do Mundaú, Ibateguara, Colônia Leopoldina, Novo Lino, Jundiá, Campestre, Joaquim Gomes e São José da Laje. Os usuários que serão atendidos, foram triados, previamente, pelas Secretarias Municipais de Saúde dos municípios onde residem.