27 de julho de 2021Informação, independência e credibilidade
Política

Putin parabeniza Biden por vitória contra Trump; Agora só falta Bolsonaro

Presidente brasileiro sustenta que o ídolo americano fora roubado nas eleições, mesmo diante de nenhuma evidência apresentada

O presidente Jair Bolsonaro será o último chefe de estado, afinal, a parabenizar a óbvia vitória do democrata Joe Biden diante do republicano Donald Trump.

Isso porque, nesta terça, após confirmação do Colégio Eleitoral do novo presidente dos Estados Unidos, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, de forma oficial congratulou Biden.

O nome forte do Kremlin era um dos últimos ainda a esperar o barco naufragado de Trump. Outros parceiros próximos do atual presidente americano, como Israel ou Índia, já tinham felicitado o presidente eleito.

Putin, aliás, foi o mesmo que, na mais recente cúpula dos Brics, aquela que teve mais uma mentira de Bolsonaro (ele disse que ia falar quais países compram madeira ilegal brasileira, mas não falou nada), elogiou o presidente do Brasil pelas “qualidades masculinas”. Só na broderagem, congratulou Jair por sua atuação contra a covid-19.

Bolsonaro sustenta que Trump foi roubado, mesmo diante de nenhuma evidência apresentada para legitimar o argumento. Tirando, claro, vozes das cabeças de blogueiros que fazem parte do bolsonarismo, filhos do presidente e seus aliados.