28 de novembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Maceió

Quase 20 ônibus são reprovados em fiscalização da SMTT

Ao todo, 69 veículos foram fiscalizados para garantir mais segurança aos usuários

Fiscais de transportes da SMTT visitaram as garagens das quatro empresas que operam na capital. Foto: SMTT

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) realizou uma operação, na noite desta quarta-feira (28), para verificar as condições dos ônibus que prestam o serviço na capital. A finalidade é proporcionar maior segurança aos passageiros que utilizam o transporte público.

Veículos das quatro empresas que operam em Maceió foram fiscalizadas. Ao todo, 69 ônibus foram vistoriados e 19 lacrados e retidos nas garagens. Eles só serão liberados para realizar o transporte de passageiros após a regularização dos problemas e mediante nova vistoria.

A inspeção dos veículos é realizada pela Diretoria do Sistema Integrado de Mobilidade de Maceió (SIMM), em um trabalho que avalia itens de segurança e necessários para o bom funcionamento do veículo.

“Nossas equipes verificam diversos itens tais como: pneus, extintores, elevadores para cadeirantes, campainha, luzes, além das condições de conservação dos veículos de forma geral”. Paula Isanelle.

Veículos lacrados só voltarão a transportar passageiros após a resolução das irregularidades. Foto: SMTT

Dentre as principais irregularidades encontradas estão problemas com elevadores, falhas nos sistemas elétrico e hidráulico dos veículos e nas cigarras para os cadeirantes solicitarem o desembarque.

“Essas operações são realizadas sem prévia comunicação para as empresas. As concessionárias têm a obrigação de garantir a segurança aos maceioenses e de prestar um serviço de qualidade. Não descansaremos até melhorarmos cada vez mais esse importante serviço público”. André Costa, superintendente da SMTT.

Os cidadãos tem um canal exclusivo para denúncias relacionadas ao transporte público. O número é o (82) 98134-6858, a qualquer hora do dia e as equipes da SMTT irão tomar as devidas providências.