28 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Brasil

Que nível: Drone bolsonarista joga fezes e urina em apoiadores de Lula

Episódio aconteceu em Uberlândia (MG) e responsável pelo drone foi preso

Por Lucas Rocha

Drone lançou os dejetos na área de concentração do evento que reuniu Lula e o prefeito Kalil, de Belo Horizonte.

Apoiadores do ex-presidente Lula que aguardavam o início de um ato político do petista em Uberlândia (MG) com Alexandre Kalil (PSD), ex-prefeito de Belo Horizonte e pré-candidato do governo de Minas Gerais, foram surpreendidos nesta quarta-feira (15) por um drone que sobrevoou o local jogando fezes e mijo no público presente.

A presença do drone de pulverização – usado normalmente para agricultura – provocou uma correria no local. Segundo o jornal O Tempo, alguns militantes tentaram arremessar pedras e pedaços de pau no aparelho para derrubá-lo, mas foram impedidos por seguranças. Jornalistas também foram atingidos pelo drone.

Os responsáveis pelo aparelho foram detidos pela Polícia Militar, segundo nota publicada pela equipe de Lula. “Policiais militares, que trabalhavam no apoio ao evento, interceptaram uma caminhonete onde estavam três homens com o equipamento. Eles foram presos em flagrante”, diz a nota.

O drone não foi capaz de esvaziar o evento.

A atuação asquerosa do drone foi celebrada nas redes bolsonaristas, enquanto provocou repúdio entre críticos do presidente Jair Bolsonaro (PL).

A vereadora Duda Salabert (PDT), que é pré-candidata ao Senado em chapa adversária a de Lula e Kalil, rechaçou o episódio. “Em mim, uma mistura de vergonha e de tristeza ao ver o que se transformou a política eleitoral brasileira. Ao se esvaziar o debate sobre um projeto de país, restam apenas violência e ódio como discurso e prática. Esse drone sintetiza a política bolsonarista, que será derrotada!”, tuitou. (Com Revista Fórum)

One Comment

  • Avatar Luiz Neto

    Recebi informação que diz que o drone era operado por empresa que presta serviço ao PDT, ou seja, do Ciro Gomes.

Comments are closed.